Em dois dias, número de mortes por coronavírus sobe para 14 em Taboão da Serra

Por Redação | 21/04/2020

Taboão da Serra registrou mais duas mortes por coronavírus nesta terça-feira, dia 21, feriado de Tiradentes, e o total de óbitos causados pela doença subiu de 12 para 14 casos na cidade. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do munícipio. As vítimas são dois homens que sofriam de doença cardiovascular crônica. Um deles, de 50 anos, estava internado no Hospital Santa Maggiore e também tinha obesidade, e o outro, de 60, estava Hospital Salvalus.

Além das mortes, o número de casos confirmados também subiu, indo de 126 para 131 em um dia. Em Taboão, há 511 notificações da doença, sendo que 170 pacientes ainda aguardam o resultado de exame e 196 já tiveram suas suspeitas descartadas.

No domingo, dia 19, a Saúde divulgou mais duas mortes que aconteceram no Hospital Geral de Itapecerica da Serra, a de uma mulher de 49 anos com cardiopatia e a de um homem de 50 anos sem comorbidades. Um dia antes, no sábado, 18, foi informado o óbito de uma enfermeira de  36 anos que morava no  Jardim São Judas.

Das nove mortes anteriores, oito foram eram homens e duas apenas mulheres. Seis vítimas tinham acima de 60 anos. Três dos pacientes estavam internados em hospitais particulares e seis na rede pública, tendo o último morador falecido Hospital das Clínicas (HC).

Medidas de combate

Para tentar barrar o avanço da doença no munícipio, o prefeito Fernando Fernandes adotou algumas medidas. Na cidade, está decretado estado de calamidade pública e os comércios não essenciais estão proibidos de abrir por tempo indeterminado. As aulas da rede pública municipal também estão suspensas.

As ruas mais movimentadas e os locais próximos a hospitais e UBSs da cidade estão passando por higienização, com lavagem utilizando uma solução desinfectante de hipoclorito de sódio.  A prefeitura também já iniciou a confecção e distribuição de máscaras para doar à população carente da cidade.

No município, também foi inaugurado o Hospital da Campanha, onde são tratados os pacientes leves e intermediários de Covid-19. São 57 leitos de baixa e média complexidade e 4 de emergência, que serão utilizados para pacientes que tiverem piora no quadro clínico e tiverem que ser transferidos para UTIs.

No sábado, 11, o prefeito Fernando Fernandes também informou que a Secretaria de Saúde usará a cloroquina no tratamento de pacientes diagnosticados com Covid-19 em Taboão da Serra. O medicamento, ainda de acordo com Fernandes, só será aplicado sob prescrição médica e com a autorização da família.

Comentários