Fernando Fernandes anuncia medidas para prevenir coronavírus em Taboão

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 13/03/2020

O prefeito Fernando Fernandes anunciou nesta quinta-feira, 12, medidas que estão sendo adotadas para prevenir o Coronavírus em Taboão da Serra. Segundo informou, o município não tem nenhum caso suspeito ou confirmado.

“Estamos preocupados, mas o que não adianta é entrar em pânico, pois ele não ajuda em nada. Estamos tomando providências para diminuir riscos e gravidade”, disse ele ao anunciar uma série de mudanças na cidade.

A partir de agora, todas as unidades médicas de Taboão terão o Oximetro, aparelho que, pelo dedo, consegue medir a quantidade de oxigênio no sangue para checar como está o funcionamento do pulmão. Além disso, após passar na triagem, o paciente receberá uma máscara caso seja necessário.

Outras medidas são o processo de contratação de novos médicos e enfermeiros na cidade para reforçar o quadro de funcionários na saúde e a distribuição de um folheto para moradores com informações sobre o que é o Covid-19, como acontece sua transmissão, como se proteger e quais são os principais sintomas.

A cidade também terá um programa de atendimento de pré-consulta virtual, onde uma equipe atenderá o paciente para orientá-lo sobre o que fazer em caso de suspeita. O telefone para contato é 4788-5624 e o serviço acontece todos os dias, das 07 às 19h. Em breve um telefone gratuito será disponibilizado.

A medida é para evitar grande quantidade de pessoas nos Prontos Socorros e Unidades Básicas de Saúde. “Não procure as unidades sem que haja absoluta necessidade, desta forma você diminui a chance de se contaminar ou infectar quem está por lá por outros motivos e ainda reduz o tempo de espera para quem realmente precisa de atendimento”, explica.

O prefeito também faz outras recomendações. “Evite aglomerações desnecessárias, principalmente se você tiver mais de 60 anos ou qualquer doença crônica, como diabetes, hipertensão ou doença autoimune”, reforça. “A prevenção será sempre a melhor medida”, conclui.

Comentários