Morador de Embu que se declarou pré-candidato a prefeito é preso por pedofilia

Por Redação | 13/03/2020

Um técnico de contabilidade, morador de Embu das Artes, de 56 anos, que diz ser pré-candidato a prefeito no município, foi preso temporariamente na última sexta-feira, dia 9, acusado de pedofilia. Ele é investigado por abusar de uma menina de 12 anos.

Policiais civis da Delegacia de Defesa da Mulher na cidade cumpriram mandado de prisão temporária expedido pela Justiça e prenderam o acusado em seu trabalho, um escritório de contabilidade na Avenida Elias Yazbek, no centro de Embu.

O caso corre em segredo de Justiça, por isso a reportagem não tem acesso a mais informações sobre como e quando a ocorrência aconteceu. Como o caso ainda está em fase de investigação, o nome do capturado ainda não será divulgado.  

Comentários