Em Taboão, mais de 47 mil eleitores precisam cadastrar biometria

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 4/03/2020

Mais de 47 mil eleitores de Taboão da Serra precisam realizar o cadastramento biométrico até o dia 6 de maio, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. Após o prazo, quem não tiver com o título regularizado em mãos não poderá votar nas eleições municipais em outubro.

O procedimento passou a ser obrigatório na cidade e, de lá para cá, de 217.769 eleitores, 165.946 já realizaram a biometria, ou seja, pouco mais de 76% da população votante. Taboão conta com a Central de Atendimento ao Eleitor, que tem a capacidade de atender cerca de 1500 pessoas por dia e abriga as duas sessões eleitorais da cidade, a 324° e 416°.

Para normalizar a situação, é necessário que o eleitor agende uma data e um horário de atendimento no site Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e comparecer no dia com um documento oficial com foto, comprovante de residência e título de eleitor.

Quem não realizar o procedimento, além de não conseguir votar, sofrerá outras sanções na vida civil, como não poder participar de concurso público, tirar passaporte, fazer matrícula em faculdades e realizar empréstimos em bancos geridos pelo poder público.

A biometria está sendo implementada com o objetivo de trazer mais segurança para as eleições e envolve a coleta das impressões digitais, fotografia, atualização dos dados cadastrais e assinatura digitalizada. Leva em média apenas 15 minutos.

Comentários