Após deslizamentos de terra, dez casas são interditadas em Taboão da Serra

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 10/02/2020

Além dos alagamentos na região central após a chuva forte durante a madrugada, Taboão da Serra também registrou em pelo menos quatros bairros deslizamentos de terra nesta segunda-feira, 10, e 10 casas precisaram ser interditas. Apesar do susto, não houve feridos.

As famílias já foram retiradas das residências e a Defesa Civil agora irá fazer a avaliação dos locais para verificar os riscos e se há chance de um possível retorno dos moradores.

Três das casas ficam localizadas na rua Henrique Robba, no Jardim Mirna, quatro na Neuza Demetrio, no Jardim São Matheus, e três na rua Nicolau Gentile, no Jardim Clementino. Na rua Luiz Bartholomeu Antunes, no Jardim Iracema, também houve deslizamentos, mas não há imóveis interditados.

Outros estragos em Taboão da Serra também foram registrados na região central. Pela manhã, todo o Largo do Taboão amanheceu debaixo d’água e diversas casas foram invadidas pela água, que chegou a alcançar 1,5 metros de altura.

A prefeitura emitiu nota dizendo que “a Defesa Civil e as Secretarias de Saúde, Manutenção e Assistência Social estão trabalhando em diversos pontos da cidade para minimizar os problemas causados pela chuva”.

Agora, são realizadas entregas de kit higiene, água, marmitex para cerca de 150 famílias, que também receberam colchões e cestas básicas à noite. Os moradores atingidos pela enchente também serão vacinados e orientados em relação a doenças que podem ser contraídas com o contato com a água suja.

Algumas ruas atingidas pelos alagamentos também precisaram ser bloqueadas para a limpeza, como a Rua Getúlio Vargas, a Rua do Carmo, aRua João Santucci e Rua Luciana Mari, além da Travessa das Mimosas e Travessa dos Manacás, todas na região central.   

Comentários