Prefeitura de Taboão vai entregar colchões, alimentos e vacinar famílias atingidas pela enchente

Por Redação | 10/02/2020

Taboão da Serra registrou grandes estragos após a chuva forte que caiu na madrugada desta segunda-feira, dia 10. No Largo do Taboão, houve transbordamento do córrego Pirajuçara e, consequentemente, alagamentos em diversas ruas. Muitas casas foram invadidas pela água e a prefeitura da cidade agora trabalha para prestar apoio às famílias atingidas.

Segundo a administração municipal, já “estão sendo distribuídos para cerca de 150 famílias kits de higiene com pano de chão, vassoura, rodo, cloro, cândida e desinfetante para limpeza das casas e comércios” e “também serão distribuídos água e marmitex e à noite serão entregues colchões e cestas básicas”.

As pessoas que tiveram contato com a água da enchente também terão atendimento médico. Por isso, pela tarde, a “Secretaria de Saúde fará visita aos moradores para aplicação de vacina e orientar quanto aos riscos da leptospirose e outras doenças associadas à água suja”. A recomendação é que a os moradores atingidos pelo alagamento que apresentarem febre ou algum outro sintoma devem procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima.

Segundo a Defesa Civil do município, em quatro horas choveu 140 milímetros, o que equivale a 65%  da média de chuva que era esperada para todo o mês de fevereiro. “Os rios Pinheiros e Tietê não suportaram as chuvas e transbordaram e, consequentemente, houve o transbordamento do Córrego Pirajuçara”, informou. “Vale ressaltar que o Córrego Pirajuçara, além de captar a chuva que caiu em Taboão da Serra também recebeu as chuvas de Embu das Artes e de Itapecerica da Serra”.

No momento, realizado a limpeza de diversas ruas e avenidas que ficaram cobertas pela água e por isso algumas delas estão interditas, como a Rua Getúlio Vargas, Rua do Carmo, Rua João Santucci e Rua Luciana Mari, Travessa das Mimosas e Travessa dos Manacás, todas na região central. 

Para esta segunda-feira, dia 10, a previsão ainda é de chuva ao longo do dia, por isso moradores que conseguiram chegar até seus trabalhos devem ficar atentos com a volta para casa.

A chuva forte e ininterrupta nesta madrugada também causou prejuízos na capital e em outras cidades da Grande São Paulo. Pela manhã, o Rio Pinheiros e Tietê também transbordaram e as duas marginais ficaram cobertas pela água. A linha 9 esmeralda da CPTM também ficou parada.

Em Osasco, moradores registraram o momento exato em que um deslizamento de terra atinge uma residência. Felizmente não houve vítimas.

 

Comentários