Taboão da Serra tem queda de 40% no número de homicídios dolosos em 2019

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 26/01/2020

Taboão da Serra encerrou 2019 com uma queda significativa nos homicídios dolosos, aqueles cometidos quando há intenção de matar. Segundo dados Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), divulgados na última sexta-feira, dia 24, a diminuição é de 40% se comparado com 2018, que registrou 20 mortes frente à 12 do ano passado.

Além dos homicídios, a cidade também registrou redução em quase todos crimes hediondos e contra o património. Latrocínio, roubo seguido de morte, caiu de 2 para 1 caso, diminuição de 50%. Já as ocorrências de estupro, apesar de ainda serem altas, tiveram uma pequena queda, indo de 83 para 80 casos, redução de 4%.

Nos crimes contra o patrimônio, o único índice que teve aumento foi o de furto em geral, que subiu de 1.529 para 1.756, alta de 15%. Todos os outros, porém, tiveram queda. Roubo em geral teve diminuição de 2%, indo de 2.425 para 2.368. Roubo de veículo foi de 500 para 388 casos, queda de 22%. Na cidade, em 2018, 553 veículos foram furtados, contra 549 em 2019, redução de 1%.

Produtividade policial

Na cidade, ao longo do ano passado, 752 pessoas foram presas em flagrante e 286 por mandado. Já em relação aos menores infratores, 109 deles foram apreendidos em flagrante e 25 por mandado. A Polícia Civil apreendeu 55 armas de fogo de porte ou posse ilegal e instaurou 1.972 inquérito policiais para investigação.

 

Comentários