Polícia Civil fecha churrascaria do Shopping Taboão que vendia carne estragada

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 19/12/2019

A Polícia Civil fechou e indiciou a gerente da churrascaria na praça de alimentação do Shopping Taboão, próxima ao cinema, que vendia carne imprópria para consumo na tarde desta quarta-feira, dia 18. De acordo com o boletim de ocorrência, o freezer que deveria manter os alimentos em conservação estava desligado e a carne estava com muito sangue.

Os funcionários acionaram a polícia relatando a situação irregular dos alimentos. Lá, foi constatado que as carnes eram mantidas na temperatura errada e que não possuíam o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF), emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A gerente, de 36 anos, informou que o frezeer estava quebrado e que o estabelecimento aguardava a chegada de um técnico.  A perícia e a Vigilância Sanitária foram acionadas ao local e constataram várias irregularidades. O restaurante foi fechado e os alimentos impróprios apreendidos.      

Como as carnes eram vendidas mesmo em estado impróprio, a gerente foi presa em flagrante por ter sido negligente. Na delegacia, porém, ela foi liberada após pagar fiança no valor de R$ 10 mil e responderá em liberdade. O caso foi registrado na Dise do município.

A reportagem tentou obter meios para entrar em contato com o a rede por e-mail ou telefone, mas não conseguiu porque o site do restaurante estava fora do ar nesta quinta-feira, 18. Uma mensagem foi deixada em uma rede social da empresa para saber se eles iriam se pronunciar.

Já o Shopping Taboão disse por meio de nota que “que as normas de armazenamento e manipulação dos alimentos são de responsabilidade de cada operador” e que “o empreendimento está à disposição das autoridades para qualquer esclarecimento e reitera que os demais restaurantes da praça de alimentação continuam operando normalmente”.

 a

Comentários