Mulher morre eletrocutada durante chuva no Capão Redondo

Por Redação | 6/11/2019

Uma mulher identificada como Maria Aparecida, de 40 anos, morreu durante a noite desta terça-feira, dia 5, após ser atingida por cabo energizado enquanto passava por uma calçada parcialmente alagada na rua Luiz de Oliveira, próximo à Estrada de Itapecerica, no Capão Redondo.

Segundo a Polícia Militar, a copeira chegava em sua casa após um dia de trabalho. A perícia verificou que fiação foi danificada pela queda de um galho de grande porte durante a chuva que atingiu a cidade.

Segundo testemunhas, ao lado de Maria passava também uma pessoa com guarda-chuva, onde o fio bateu primeiro para depois atingir Maria Aparecida. Ela chegou a se socorrida, mas não resistiu. Maria Aparecida deixa suas duas filhas adolescentes, de 12 e 15 anos, e seu esposo.

A Enel, responsável pelo poste e pelos fios, informou que lamenta o ocorrido, está cooperando com as autoridades e prestara apoio aos familiares.

Entre janeiro e março deste ano, período onde é registro chuvas intensas, 26 pessoas morreram, seis na capital e outras 20 nas cidades de Guarulhos, Osasco, Mauá, Arujá, Ribeirão Pires, São Caetano, Santo André e São Bernardo do Campo.

Comentários