Onda de assaltos aterroriza moradores do Jd. Santo Eduardo, em Embu das Artes

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 19/09/2019

Moradores do Jd. Santo Eduardo, em Embu das Artes, estão aterrorizados com a onda de assaltos que vem acontecendo no bairro durante o mês de setembro e, revoltados, pedem por mais policiamento. Os bandidos sempre costumam agir em dupla e usam uma motocicleta para facilitar na hora da fuga.  

“Dois motoqueiros estão roubando celular na região. Gostaria de pedir atenção dos órgãos competentes”, disse uma moradora do bairro que não quis se identificar. Segundo relatou, os bandidos também estão assaltando alunos das escolas estaduais que estudam no período noturno.  “Fico muito preocupada com minhas filhas e com os outros alunos que saem às 23h”, relatou.

 “No começo do mês, roubaram dois alunos em frente ao portão da Escola Estadual Maria Odete de Freitas, depois, uma pizzaria ao lado. Soube também de um roubo a uma mulher na rua Caiçara”, completou ela dizendo que “falta segurança no local”, “que devia ter mais policiamento”.

Segundo a moradora, por conta dos assaltos, até chamar motorista de aplicativo de transporte ficou mais difícil. “Até os motoristas de aplicativo estão recusando chamada com medo dos bandidos”, disse. “Uma vez um motorista me mandou mensagem dizendo que já estava em frente de casa. Quando eu saí, ele estava há um minuto de distância. Quando perguntei porque ele falou que tinha chegado, ela respondeu que já foi assaltado na minha rua e que não queria correr o risco de ficar esperando”, contou.

Uma vizinha, segundo relatou, também teve o celular roubado há pouco tempo na rua. Ela saiu para fora porque o sinal dentro de casa estava ruim e quando chegou no portão foi abordada pelos dois homens em uma moto, que levaram o aparelho.

A reportagem chegou a entrar em contato com a Polícia Militar para checar quais as estratégias da corporação para coibir os assaltos. Por meiode nota, a PM esclareuceu que "ininterruptamente realiza patrulhamento na região do Jardim Santo Eduardo com o objetivo de combater e prevenir os crimes contra o patrimônio. São realizadas operações policiais como a São Paulo mais Seguro e Operação Servir e Proteger, que contam com o emprego de todos os programas de policiamento, dentre eles o policiamento motorizado com viaturas duas e quatro rodas, incluindo Radiopatrulha, Força Tática, Rocam, Ronda Escolar, Radiopatrulhamento com apoio de Motocicletas e Atividade DEJEM".

A corporaçãotambém informou que o "bairro é atendido pelo Programa de Vizinhança Solidária contando com a importantíssima participação da comunidade local na prevenção primária, em especial dos delitos contra o patrimônio.O Comandante da 1ª Companhia do 36º Batalhão de Polícia Militar do Metropolitano convida toda a comunidade à participar da Reunião do CONSEG, no dia 26 de setembro de 2019, às 18h, na Escola Pirajussara-Adventista, localizada na Av. João Paulo II, 1366, Vila Regina, Embu das Artes/SP".

"A PM ainda orienta os moradores e proprietários de estabelecimentos locais a denunciarem situações suspeitas pelo Disque Denúncia (181), no site www.policiamilitar.sp.gov.br, no link FALE CONOSCO, e, em caso de emergência, pelo telefone de Emergência 190". 

 

Comentários