Tópico abre suas portas para os jovens de Embu das Artes e São Paulo no evento “Transformando a Educação”

Por Assessoria de Imprensa | 20/08/2019

Uma manhã de cidadania, onde muitas sementes foram plantadas para germinarem no futuro. Assim foi o evento “Transformando a Educação”, promovido pela Tópico dia 9 (sexta), no Auditório do Centro de Distribuição da empresa, em Embu das Artes (SP). A ação reuniu cerca de 35 jovens entre 16 e 22 anos e fez parte da programação brasileira do Dia Internacional da Juventude, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) para celebrar o papel dos jovens como agentes de mudança na sociedade. 

Os jovens foram recepcionados com um café da manhã e uma palestra de boas-vindas, quando conheceram o propósito da Tópico como empresa comprometida em levar prosperidade para as comunidades onde atua, contribuindo com infraestrutura ágil para aceleração da economia e, consequentemente, com  a geração de empregos. “Aproximar os jovens do ambiente corporativo é a base significativa, pois além de formá-los para o mundo do trabalho, é um instrumento de impacto social que transforma suas vidas, de suas famílias e toda comunidade”, afirma Juliana Felismina Ferreira, coordenadora de RH da Tópico. 

Os jovens presentes no evento citaram o primeiro emprego como algo primordial para conseguirem a formação profissional e conquistas pessoais. Destaca Juliana: “Para os  que já iniciaram em um programa de aprendiz ou estágio há pouco tempo na Tópico, a expectativa é de crescerem cada vez mais, seja na área em que atuam ou em outras oportunidades que vão descobrindo ao longo do programa. As empresas que adotam programas para formação de novos talentos podem obter bons resultados na prática de desenvolvimento organizacional. Tendo em vista que estes futuros profissionais apresentam muita disposição para aprenderem e se desenvolverem, apostar na juventude  é muito promissor para as empresas”.

Na sequência, a equipe de RH da Tópico aplicou testes vocacionais e fez uma apresentação sobre os tipos de cursos de graduação e as profissões do futuro, além de ensinarem como elaborar um currículo, como se comportar em um processo seletivo e o primeiro dia na empresa. Para fechar a programação de forma especial, Cadu Capella, autor do Livro “Estagiário de mim mesmo” e sócio da Agência Insane, falou aos jovens sobre empreendedorismo. 

O encerramento contou com a presença do CEO da Tópico, Arthur Lavieri. 

Teste vocacional

Após o almoço no refeitório da empresa,  os jovens receberam o resultado do teste vocacional de forma individual, tiraram dúvidas e participaram de uma roda de conversa sobre primeiro emprego e escolha de profissão. 

“Escolher uma profissão quando ainda se é muito jovem é um desafio enorme, uma vez que são submetidos a um bombardeio de informações e muitas vezes pressão por parte da família. O teste é uma ferramenta para que os jovens consigam identificar seus interesses e aptidões através de um formulário de perguntas e respostas e da presença indispensável do de psicólogos para a aplicação e entrega dos resultados”, explica a coordenadora de RH da Tópico. 

O Dia Internacional da Juventude foi criado em 1999 pela ONU para celebrar o papel essencial dos jovens para gerar mudanças e também aumentar a conscientização sobre os desafios e problemas enfrentados pela juventude mundial. Todos os anos é proposto um tema para ser debatido mundialmente, e os jovens são encorajados a realizar atividades e eventos em torno do tema. Para este ano, o tema escolhido pela ONU foi “Transformando a Educação”.

Sobre a Tópico 

Fundada há 40 anos, a Tópico é a empresa líder no mercado nacional no segmento de infraestruturas flexíveis. Com mais de 2,5 milhões de m² instalados, a empresa - que vende e aluga galpões flexíveis - contabiliza mais de 800 empresas em carteira, sendo a maioria indústrias dos mais diversos setores, agronegócio, empresas de logística, infraestrutura e serviços em geral. 

Com fábrica própria e centro de distribuição localizados em Embu das Artes, São Paulo, a empresa também possui seis filiais espalhadas pelo País: em São Paulo (capital), Itaguaí (RJ), Contagem (MG), Joinville (SC), Simões Filho (BA) e Parauapebas (PA). Em 2014 a empresa, que era familiar, fundiu-se e após deu início a entrada no Private Equity Fund, Southern Cross Group (fundo latino americano presente em seis países), e iniciou um processo de modernização e expansão.

Quer saber mais sobre as soluções? acesse www.topico.com.br

 

Comentários