Itapecerica da Serra é a cidade mais violenta do Estado de São Paulo, segundo Ipea

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 6/08/2019

A cidade de Itapecerica da Serra foi considerada a mais violenta no ano de 2017 em todo Estado de São Paulo, segundo um levantamento divulgado nesta segunda-feira, dia 5, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que realizou o “Atlas da Violência – Retratos dos Municípios Brasileiros de 2019” em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

No estudo, a cidade, que até o ano analisado tinha 170.987 moradores, teve 36,1 assassinatos a cada 100 mil habitantes, a maior taxa em todo o Estado. No total, foram contabilizados 62 óbitos, sendo 19 homicídios registrados e 43 mortes ocultas, consideradas as que decorreram de forma violenta, mas que, por algum motivo, foram lançadas com outra natureza.

No ranking nacional, que levou em conta todas as 310 cidades que tinham uma população de 100 mil habitantes até 2017, Itapecerica ocupa a 176º pior colocação. Em São Paulo, 78 municípios fizeram parte do estudo.

Taboão da Serra também foi analisada. No Estado, a cidade ficou em 76º lugar. Quando comparada com o os outros municípios do Brasil, ocupou a 124º posição. A cidade tinha em 2017 279.634 habitantes e registrou taxa de 23,5 homicídios a cada 100 mil. Ou seja, foram 32 homicídios e 34 mortes ocultas.

Já Embu das Artes registrou taxa de 18 mortes violentas para cada 100 mil dos seus 267.054 habitantes em 2017. Foram 16 homicídios registrados e 32 ocultos. No panorama nacional, a cidade ficou em 87º lugar. No ranking estadual, ficou na 55º posição.

Comentários