Com participação da comunidade, Secretaria do Meio Ambiente faz plantio de diversas espécies de árvores nativas no Ponte Alta

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 29/07/2019

A Secretaria de Habitação, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (SEHAB) de Taboão da Serra realizou na manhã de sábado, dia 28, uma importante ação socioambiental na Avenida Cid Nelson Jordano, no Ponte Alta, com ampla participação da população. No local, foram plantadas mais de 11 espécies de árvores nativas, entre elas Ipê Rosa, Roxo, Amarelo e Branco, Pau Brasil, Pau Ferro, Pitangueira, Grumixama, Oiti, Mulungu e Jerivá.

“O primeiro objetivo desta ação é continuar promovendo a conscientização do meio ambiente e a participação popular, que tem sido uma das metas na secretaria com total apoio do prefeito Fernando Fernandes. O outro, e dessa vez junto com os munícipes, é coibir o descarte de lixo e de entulho no local. Este assunto tem incomodado demais os moradores porque eles reconhecem o trabalho que a prefeitura no sentido de manter o espaço limpo. Nosso esforço é para evitar que as pessoas façam isso. A gente sabe que esse processo de educação é longo, difícil, mas ainda sim estamos começando a enfrentar esse problema”, explicou a secretária da pasta, Sandra Pereira.

O plantio teve a ampla participação dos adultos, mas foram as crianças as verdadeiras protagonistas, como Mirela, de 5 anos. A menina foi a primeira “plantadora mirim” a plantar e adotar uma árvore no espaço e ainda se comprometeu a cuidar de seu Jerivá. “Eu vou colocar muita água para crescer”, disse ela, que também guardou uma árvore para que sua amiga Lorena também plantasse. A dupla ajudou em outros plantios e chamou mais amiguinhos.

A colaboração das crianças foi elogiada pela secretaria, que a destacou como sendo de “qualidade”. “Nossas crianças, ao invés de plantar uma ou duas árvores, plantaram várias e aprenderam como fazer isso, demonstrando claramente o gosto pelo plantio”. “Elas e as famílias fizeram o apadrinhamento das árvores esse foi para a gente o maior ganho”, explicou ainda Sandra.

Maria de Jesus mora há 20 anos no bairro e quando viu a ação, falou sobre sua importância. “Isso aqui [o plantio] é o cuidado com o nosso meio ambiente. Se a gente não cuidar, logo não teremos onde morar. Muitas pessoas não estão refletindo”, disse ela. “Se a gente fazer um trabalho juntos e de formiguinha, aqui vai ficar tão lindo, uma área de lazer verde. E se a gente não fizer nada, será que daqui a 20 anos vai ter alguma árvore?”, questionou.

A moradora também comentou que já presenciou o descarte irregular de material na área. “Eles não têm consciência de que não pode fazer isso. A prefeitura acaba de limpar e eles jogam e novo. Eu já vi isso”, disse indignada Maria, que sonho com o local limpo para a neta.

Além de Maria, seu Valdeci Silva também seguiu o exemplo de Mirela e Lorena e adotou uma árvore para cuidar. Ele, que também mora no bairro, plantou o seu Pau Brasil próximo à calçada para poder “vê-lo todo dia de manhã quando estiver indo trabalhar”. “Vou cuidar deles, sim”, prometeu ele empolgado.

“Nós tivemos a participação do Lincoln, integrante da ONG Anjos da Mata Atlântica, que em vários momentos demonstrou estar bastante emocionado com a adesão das crianças. A reação positiva delas chegou a emocionar todos que organizaram a ação”, relatou ainda Sandra. O voluntário passava pelo local quando viu a ação e decidiu ajudar.

A secretaria também destacou que a pasta “já está fazendo outras ações em vários bairros”.  “Temos até uma lista de pessoas esperando que nós façamos uma atividade igual a daqui”, disse. Ela ainda salientou a participação de todos os funcionários da secretaria, do vice-prefeito, Laércio Lopes, e a presença de vários vereadores, como Ronaldo Onishi, Priscila Sampaio, Erica da Enfermagem.

Comentários