Homem descumpre medida protetiva, invade casa e é preso pela Guardiã Maria da Penha em Taboão

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 5/07/2019

A Patrulha Guardiã Maria da Penha ajudou a salvar mais uma vítima de violência contra a mulher na manhã desta sexta-feira, dia 5. Um homem foi preso após descumprir uma medida protetiva e invadir a casa da vítima no Jardim Scandia, em Taboão da Serra. Com ele, ainda foram encontradas porções de drogas e RGs de diversas pessoas.

O homem chegou na residência e obrigou sua irmã, protegida pela medida, a sair de casa. Ela acionou a Patrulha, que também teve o apoio de outras viaturas da Guarda Civil Municipal.

No local, os guardas encontraram o homem.  Em revista pessoal, foram localizadas com ele porções de drogas e RGs em nome de outras pessoas. A polícia investiga se os donos dos documentos foram vítimas de algum crime por parte do homem.

O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Taboão e não é o único na cidade envolvendo violência contra a mulher. A reportagem do Jornal Na Net mostrou em uma matéria especial de aniversário de um ano da patrulha que, neste período, 27 agressores foram presos.

No ano de atuação, patrulha já acompanhou 260 mulheres e o trabalho da Patrulha, junto com a rede ampla e integrada de proteção à mulher da cidade, tem ajudado a salvar vidas. Em um ano, nenhuma morte por feminicídio foi registrada.

Os números de combate a violência, apesar de serem satisfatórios em Taboão, podem não representar a realidade. O silêncio sobre os crimes contra o mulher ainda é alto e na tentativa de combate-los, os atendimentos realizados na Coordenadoria de Defesa da Mulher são sigilosos e buscam preservar a identidade das vítimas.

Comentários