Força Tática de Itapecerica prende mulher que finge ser cliente para assaltar lanchonete

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 30/06/2019

A Força Tática prendeu na sexta-feira, dia 28, uma mulher de 30 anos que assaltou uma lanchonete após se passar por uma cliente no Jardim Itapecerica, em Itapecerica da Serra. A prisão traz alívio para os comerciantes da cidade, que constantemente são alvos de roubo

Após sofrer o assalto, o homem saiu a procura da mulher pelas redondezas e encontrou uma equipe da Força Tática. Ele relatou o roubo e passou as características da mulher, que tinha o cabelo curto, estatura baixa e usava uma blusa cinza, uma bermuda clara e um tênis vermelho.

O 1º sargento Fabrício, junto com o cabo Geraldo e o soldado Braga, realizaram buscas pela região e encontraram a suspeita. Com ela, foi localizado um simulacro de arma de fogo, além de R$ 40. Ela negou o crime, mas foi levada para a delegacia, onde acabou sendo reconhecida pela vítima.

Na lanchonete, ainda segundo relatou o dono, a mulher consumiu bebidas alcóolicas, cigarros e um sanduíche. Em seguida, apontou a arma ao comerciante e exigiu que lhe entregasse o dinheiro do caixa. O homem deu a mulher R$ 80.

Após ser detida, o delegado solicitou a conversão de prisão em flagrante para preventiva.

Os comércios de Itapecerica são alvos constantes de criminosos.  A reportagem chegou a noticiar que somente neste ano, um posto no Parque Paraiso chegou a ser assaltado 15 vezes por uma dupla que revezava na hora de agir. Para evitar os roubos, o dono do local teve que contratar um segurança particular.

No mesmo bairro, outros estabelecimentos também foram assaltados, como uma padaria um Horti Fruti e um Pit Stop. Em março, um comerciante de uma loja de eletrônicos chegou a ser sequestrado e levado até a sua casa, de onde foram roubados 30 mil, o veículo da vítima, além de celulares e eletroeletrônicos.

 

Comentários