Taxistas realizam carreata até a Câmara de Taboão para reivindicar demandas da categoria

Por Redação | 19/06/2019

Os taxistas de Taboão da Serra realizaram na manhã da última terça-feira, dia 18, uma carreata para reivindicar algumas demandas da categoria. Os trabalhadores saíram do Parque das Hortências e seguiram até a Câmara Municipal para participarem da sessão legislativa.

Entre as demandas expressas em um documento entregue pelos taxistas aos vereadores, estão a regulamentação do transporte por aplicativo na cidade, a diminuição do valor de transferência do alvará e a redução da taxa de ocupação de solo.

A sessão foi acompanhada tanto por taxistas quanto pelos motoristas de aplicativos, que enfrentam um impasse na cidade. O vereador Eduardo Nóbrega, em tribuna, disse que “é possível um diálogo entre todos os trabalhadores” e ressaltou a lei federal 13.640, que, segundo ele é “o ponto de partida”.

“Não adianta querer fazer média nem com uma categoria nem com outra [...] Não é constitucional impedir a existência de Uber. Porém, o Supremo diz que devem ser fiscalizados. O município tem que criar uma lei fiscalizando o Uber”, relatou.

Carlinhos do Leme, presidente da Comissão de Transporte e Trânsito da Casa, disse que as “reivindicações dos taxistas são justas” e sugeriu uma audiência pública para tratar sobre o assunto. “Podem ficar tranquilos, estamos juntos com a população e é legítimo a demanda de vocês”, disse.

Já Ronaldo Onishi falou sobre outro pedido. “O poder público tem que rever posições. O custo da transferência de alvará não é mais um valor razoável”, disse ele, defendendo também uma audiência para “discutir uma regulamentação que pacifique essa profissão”.

A posição sobre a realização de um debate  foi endossada pelo presidente da Câmara, o vereador Marcos Paulo. Ele também defendeu o fim da taxa de transferência. “Nos entendemos que antigamente ela foi importante [...] hoje não é mais. Tem que cair essa multa de transferência”.

O secretário municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, Gerson Brito, também demostrando apoio ao pleito e publicou em suas redes sociais uma mensagem dizendo que os taxistas “sãotrabalhadores que merecem a atenção do poder público para que, em pé de igualdade, possam exercer a sua profissão”, disse.

No momento em que a carreata seguia à Câmera, Gerson ainda cumprimentou cada taxista. No início de maio, ele chegou a se reunir com representantes da Associação de Motoristas de Aplicativo de Taboão (AMATSR) para discutir a regulamentação.

Comentários