Romu, Romucam e PC prendem suspeito de realizar diversos assaltos e amedrontar moradores em Taboão

Por Redação | 16/04/2019

Equipes da Romucam e da Romu, em ação conjunta com a Polícia Civill, prenderam na manhã de segunda-feira, dia 15, na Avenida Francisco Ettore Pedro Mari, um homem suspeito de praticar diversos assaltos e que vinha amedrontando moradores dos bairros de Taboão da Serra. Ele foi reconhecido como autor do crime por três vítimas e teve a prisão temporária decretada. 

A guarda realizava patrulhamento pela região quando viu o rapaz em atitude suspeita. Em abordagem, foi encontrado com ele um Bilhete Único em nome de outra pessoa que constava como produto roubado. A moça proprietária do cartão foi chamada à delegacia e informou ter sido roubada na quarta-feira da semana passada, dia 11, reconhecendo o suspeito como autor do crime.

Outras duas pessoas identificadas como vítimas do assaltante também foram chamadas até distrito policial e reconheceram o acusado.

Um dos rapazes havia sido roubado em fevereiro. À época, trafegava pela rua Ana Maria da Conceição, no centro de Taboão, quando foi abordado pelo acusado e por outro homem. Armados, eles roubaram a fiorino a qual dirigia que estava carregada com mercadoria avaliada em mais de 6 mil reais.

O carro foi encontrado pela Polícia Militar dois dias depois do assalto na rua Luisa Crapsi, na Vila Sônia, localizada há um pouco mais de 1 km de onde o crime aconteceu. A carga, porém, não foi localizada.

O outro roubo foi realizado na terça-feira, dia 9, também na rua Ana Maria da Conceição. A vítimas informou que estava carregando o veículo, um Saveiro, quando um homem armado o abordou dentro do comércio. Ele tomou seu celular e tentou levar o carro, mas não ppode porque a chave não estava no contato. O suspeito ainda tentou roubar no mesmo dia outro Saveiro, mas não conseguiu e abandou o automóvel na rua.

O acusado já era monitorado pela Guarda Civil Municipal de Taboão devido à forma como agia nas ações. Sempre assaltava em ruas do centro ou nas proximidades da divisa entre Taboão e São Paulo. “Já estávamos atrás dele. Ele roubava tudo, carro pedestres, cargas”, disse um dos guardas que participou da ação. O agente ainda informou que já era de conhecimento da corporação que o rapaz morava em uma comunidade chamada popularmente de “Favela do Gelo”, na Vila Sônia.

O homem teve a prisão temporária de cinco dias decretada pela Justiça da cidade. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Taboão da Serra pelo dr. Altamiro, titular do DP. O delegado, além de parabenizar a ação da guarda, ressaltou que "o registro das ocorrências policiais é de suma importância para que as ações policiais direcionadas a solução dos problemas sejam implementadas de maneira satisfatória". 

 

Comentários