Alunos e pais reclamam de lama no caminho da escola Salvador Leone, em Itapecerica

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 22/03/2019

Alunos e pais reclamam de lama no caminho da escola Salvador de Leone, em Itapecerica. Os estudantes voltaram para casa após a aula na tarde desta quinta-feira, dia 21, com os pés "atolados" no barro. Isso porque a Estrada do Xavi, uma das vias principais do bairro Potuverá, que dá acesso à rua onde fica a entrada da escola, a Novo Alvorecer, além de ainda não ser pavimentada, ficou enlameada após chuvas fortes atingirem a cidade.

Em imagens enviadas à reportagem, é possível ver os adolescentes “lutando” contra o barro. Muitos deles estão com as roupas sujas. “Meu filho chegou em casa todo molhado. A amiga dele estava até sem sapato e toda suja”, disse uma das mães. Ainda há relatos de que uma aluna teria perdido o celular no meio da lama.

“Nossos alunos saíram da escola hoje nessa situação. Isso é desumano, é um descaso”, disse ainda indignada uma funcionária da escola. As mães informaram que conversaram com assessores e vereadores da cidade, além do secretário de Obras, Carlos Hueb, mas “nada foi feito”. O problema tem atrapalhado o ônibus que levam as crianças até a escola, já que o escolar não consegue subir a rua e acaba não deixando os estudantes na porta do colégio.

A situação foi relatada antes do Carnaval ao poder público e, em uma conversa a qual a reportagem teve acesso, um dos assessores informou que uma verba tinha sido liberada para fazer a pavimentação asfáltica da rua e os pais acabaram esperando. Mas, após o feriado, segundo alegaram, “a situação era a mesma”. “Tivemos uma semana de Carnaval, uma semana sem aula e não dá nem para falar que a culpa é da chuva desta vez porque teve dias de sol e nada foi resolvido”, disse uma moradora.

Mais uma vez questionado, o assessor respondeu a munícipe dizendo que “o Executivo da cidade está empenhado em fazer [a obra]”. Ele ainda explicou que o problema foi a chuva. “Toda vez que foi para fazer, começou a chover. Aí vem a lama, o barro, e tampa o buraco de novo”, disse ele. O secretário de obras também disse que “o que jogar lá, vamos perder por causa desse tempo que está”.

O Jornal Na Net chegou a publicar um texto em que prefeitura afirmava que a Estrada do Xavi estava sendo preparada para receber o asfalto. Nele, o Executivo informava que tubulações estavam sendo colocadas. Uma das mães questionou. “Eles estão tirando a terra e ao invés de eles colocarem num caminhão e levarem embora, eles estão tirando e jogando estrada para cima. Então, por isso forma essa lama. Eles precisam passar uma máquina para tirar essa lama que eles mesmos estão deixando lá”, disse.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura, que respondeu por meio de nota que "as obras estão sendo realizadas de acordo com o cronograma e não houve nenhuma paralisação. Elas se estendem até a entrada da E.E Salvador de Leone. O trabalho consiste na realização, ainda, de todo o sistema de drenagem de águas pluviais, no sentido de evitar futuros alagamentos. Por fim, devido ao período chuvoso atípico, os desgastes das vidas são inevitáveis. E a necessidade de aguardar a pausa nas chuvas fundamental para evitar assim desperdício de investimento e trabalho."

 

 

Comentários