Região tem aumento de quase 40% nos casos de estupro em 2018

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 28/01/2019

As cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra tiveram um aumento de 40% no número de casos de estupros em 2018. Juntos, os três municípios registraram no ano passado 214 crimes de violência sexual, quando em 2017 este número foi de 154, segundo a Secretária de Segurança Pública, que divulgou os dados das estatísticas criminais de todo o Estado na última semana.

A cidade que liderou o ranking foi Taboão da Serra, que em 2018 registrou 83 estupros, uma média de quase 60% de casos a mais do que 2017, com 52 notificações. O munícípio também teve aumento em outros crimes, como homicídio doloso, que de 19 foi para 20 casos, e roubos, que subiu 5%, indo de 2240 casos para 2365.

Com relação ao crime de estupro, Embu ficou em segundo lugar. A cidade registrou 70 casos em 2017 e em 2018 este número subiu para 90, gerando um aumento de 28%. Os outros dados criminais, no entanto, ou se mantiveram, como o latrocínio em 3 casos, ou diminuiram. Homicidío doloso, por exemplo, caiu 7%, com 26 casos em 2017 e 24 em 2018. No mesmo período, Roubos foi de 1381 para 1052.

Já Itapecerica da Serra ocupou o terceiro lugar nos casos de estupros. A cidade recebeu 32 notificações em 2017 e 41 em 2018, o que significa um aumento de um pouco menos de 28,5%. Latrocínio, no comparativo ainda entre os dois anos, foi de 1 para 2 casos, e roubo, de 951 para 979, ou seja, um crescimento de 2,94%.

Comentários