Empresário de Taboão morre durante assalto a padaria no Morumbi

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 17/05/2018

Um homem morreu e um policial fiou ferido na noite desta quarta-feira (16), em um tiroteio durante assalto a uma padaria na região do Morumbi, Zona Sul de São Paulo. Alexandre Muller, de 49 anos, era dono de uma empresa de segurança e levou um tiro a queima roupa. 

O empresário, mais conhecido como Xandão, era casado e pai de três filhos. Ele era muito querido na região de Taboão da Serra e já foi proprietário de negócios na cidade, dentre eles um lava-rápido na avenida Dr. José Maciel, no Jardim Maria Rosa.

O enterro de Alexandre foi realizado na tarde desta quinta-feira, no cemitério da Paz, na região do Morumbi, em São Paulo. 

O empresário estava na padaria, localizada na Avenida Doutor Luiz Migliano, quando três bandidos chegaram ao local, por volta das 20h, e anunciaram o assalto. Os ladrões começaram a recolher objetos dos clientes quando um policial civil, amigo de Alexadre, reagiu, dando início à troca de tiros.

Através das imagens do circuito interno da padaria é possível ver os criminosos se aproximando da mesa onde estava o policial e pegando o relógio de um cliente. Como forma de proteção, alguns clientes se jogaram no chão. O policial saiu da mesa e se escondeu atrás do balcão do local. Alexandre correu em direção à porta, mas foi baleado no tórax por um dos criminosos.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Albert Einstein, porém não resistiu ao ferimento e faleceu. Amigos e familiares da vítima estão em choque com o ocorrido.

Já o policial foi baleado no braço, de raspão, e não corre risco de morte. Segundo testemunhas, os vidros da padaria ficaram estilhaçados e cápsulas de balas ficaram espalhadas pelo chão.

Os bandidos fugiram e a polícia coletou digitais na padaria e em um carro encontrado em uma comunidade próxima ao local, para tentar identificar os criminosos.



 

Comentários