Analice Fernandes volta a presidir Alesp e marca a história das mulheres de Taboão e São Paulo

Por Sandra Pereira | 15/11/2017

Depois de marcar a história de Taboão da Serra como a 1ª mulher eleita deputada estadual, repetir essa conquista quatro vezes e ser a mulher mais bem votada de São Paulo, a deputada Analice Fernandes (PSDB) entrou para a história do maior parlamento da América Latina, como a 1ª mulher a ocupar a presidência da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), em duas ocasiões distintas. Deverá ser dela o primeiro quadro de mulher na ala dos presidentes da Casa, composta unicamente por homens. 

Nesta quinta-feira, 10, a deputada recepcionou o senador, ex-ministro, ex-governador e ex-prefeito de São Paulo, José Serra, um dos principais caciques do ninho tucano e da política nacional. Além do visitante ilustre, a deputada manteve a rotina diária de receber vereadores, entre os quais esteve o vereador de Taboão, Dr. Ronaldo Onishi, e os do município de Paranapuã, Hélio Shimazu, presidente da Câmara Municipal, Goiano, Esquisito, Minu, além de lideranças de vários munícipios, como o subsecretário de Embu, Anderson Zonta, e o professor Felipe Paglia.

Analice Fernandes foi eleita 1ª Vice Presidente da Casa de Leis Paulista e já assumiu o comando dela duas vezes. Essa semana, ela voltou a ocupar a presidência onde recebeu autoridades, lideranças de todas as cidades e mostrou porque é uma das mulheres mais atuantes do PSDB paulista.

Autora de vários projetos voltados às mulheres, a deputada Analice Fernandes é a parlamentar de São Paulo com leis de maior impacto no enfrentamento da violência contra a mulher. Ela é autora da lei que garantiu o registro das estatísticas dos crimes contra a mulher, que permite o mapeamento dos casos de violência e orienta a implantação de políticas públicas voltadas para atendimento delas.

O registro dos crimes contra a mulher pode ser considerado marco zero para o enfrentamento do problema. Também é da deputada Analice Fernandes a lei que instituiu a notificação compulsória, feita pelos profissionais de saúde, dos casos de violência contra a mulher. O projeto nasceu em Taboão, pelas mãos da atual presidente da Câmara, Joice Silva.

A atuação firme como parlamentar, aliada com a percepção diferenciada, capacidade de articulação e sensibilidade aos temas sociais garantem a deputada Analice Fernandes a força política para conseguir investimentos que mudam a história de Taboão cravando o sobrenome Fernandes em obras como o Poupatempo, Bom Prato, Arena Multiuso, a ETEC e o Corpo de Bombeiros que deve ser entregue ainda esse ano.

Em Taboão, o legado dos Fernandes segue aumentando. Na Alesp, o legado poderá ser a conquista definitiva da cadeira de presidente do maior parlamento paulista por uma mulher eleita diretamente para ocupar o cargo.

 

 

 

Comentários