Grevistas da educação de Taboão decidem voltar ao trabalho dia 3 de julho

Por Sandra Pereira | 24/06/2017

 Depois de ficar em greve por quase dois meses os servidores da rede pública municipal de educação de Taboão da Serra decidiram retomar as atividades a partir do dia 3 de junho. Em assembleia realizada na última semana a categoria decidiu manter o estado de greve em apoio à greve geral marcada para a sexta-feira, 30. O retorno às atividades está marcado para ocorrer no mês do recesso escolar.

Até o momento, o balanço da greve da educação em Taboão da Serra não foi positivo. A categoria cruzou os braços, mas, não conseguiu avançar nas negociações com a prefeitura.

A volta ao trabalho acontecerá sem que os grevistas tenham conseguido reajuste e nem implantação do vale-transporte, as principais reivindicações.

Agora caberá ao Judiciário resolver o impasse. Os grevistas vão esperar que a Justiça julgue a ação movida para obrigar o município a conceder o dissídio. A maior parte dos grevistas é formada por Auxiliares de Classe e ADIs.

Comentários