GCM de Embu é acusado de matar homem após briga no trânsito no litoral

Por Sandra Pereira | 4/06/2017

Um Guarda Municipal de Embu das Artes, identificado como Fábio Alves da Silva, de 33 anos,  está sendo acusado de matar um motorista de 40 anos com um tiro durante uma briga de trânsito, no último sábado (3), em Mongaguá, no litoral paulista.O GCM tentou fugir depois de cometer o crime, mas foi preso em Cubatão.

Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o crime ocorreu na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do bairro Vera Cruz. A vítima, Walter Ferrari Junior, morava em Mongaguá, era motorista de caminhão e prestava serviços no Porto de Santos, mas estava de carro, com uma moto aquática no reboque, no momento do ocorrido.

Por razões ainda não divulgadas, Walter e o guarda municipal, identificado como Fábio Alves da Silva, que não estava a serviço, passaram a discutir. Em dado momento, o guarda efetuou um disparo contra a vítima. A bala entrou pelo braço e acabou perfurando o pulmão do motorista, que chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito fugiu do local, mas foi detido pouco depois por uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), próximo à balança da Rodovia dos Imigrantes, na altura de Cubatão, após furar um bloqueio da Polícia Rodoviária. Ele portava um revólver calibre 38, registrado em seu nome, e teria confessado o crime às autoridades.

Comentários