Creche no Embu foi assaltada 7 vezes recentemente, bandidos roubaram na madrugada de segunda e voltaram na terça

Por Sandra Pereira | 9/05/2017

Os assaltos estão mudando a rotina de pais e alunos da creche Sueli Maria Hipólito, localizada na rua Butantã, no Jardim Santa Tereza, em Embu das Artes. De acordo com relatos dos pais a creche sofreu na última nesta terça-feira, 9. A penúltima um dia antes, na segunda-feira, 8. O assalto anterior foi no dia 4. Toda vez que a creche é vítima da ação de bandidos as atividades escolares são suspensas.

Uma funcionária da escola confirmou por telefone ao Jornal na Net que os bandidos invadiram e roubaram a escola na segunda e nesta terça.

“Eles quebraram o vidro da janela e entraram em várias salas. Na segunda (8) já tinham entrado em duas outras salas. A gente só percebe o roubo quando as professoras chegam para dar aula”, afirmou a servidora que teme se identificar.

A quantidade imensa de assaltos ocorridos na creche e o intervalo muito curto entre eles impressionam. Só não impressionam mais que a ousadia dos bandidos que invadem salas e roubas tudo que conseguem. Eles já levaram até cobertores, cortinas e vários objetos.

Além de provocar queixas dos pais e da comunidade escolar os assaltos quase diários atrapalham a rotina e até o aprendizado dos alunos. Os pais reclamam do descaso da polícia na investigação e prisão dos acusados.

“Hoje eu fui levar meu filho logo cedo e me deparei novamente com o portão fechado e um cartaz informando que não haverá aula pois a creche foi assaltada novamente. Liguei para a diretoria e falei com a secretária que disse: nós fomos roubados de novo”, relatou um pai de aluno que pediu para não ser identificado por ser morador da região e temer represálias.

“Essa situação é absurda e ninguém faz nada. A polícia não investiga. Se investigasse já teria descoberto quem são esses bandidos”, denunciou o pai de uma outra criança que pediu pra não se identificar por medo de represálias.

A reportagem do Jornal na Net foi procurada por pais inconformados para denunciar o 6º assalto na creche. Quando a matéria havia sido fechada o 7º assalto ao prédio da creche foi informado aos pais que prontamente entraram em contato com a nossa reportagem. 

Nota da redação: É imprescíndivel que a polícia atenda aos anseios da comunidade escolar e prenda os culpados pelos roubos na creche que segundo os pais estão impedindo as aulas no local.

 

 

Comentários