Assaltos provocam medo em alunos e funcionários da E.E Heitor Cavalcanti Furtado, em Taboão

Por Sandra Pereira | 10/10/2016

Os roubos e assaltos frequentes na Escola Estadual Heitor Cavalcanti de Alencar Furtado, localizada na rua Roberto Paschoal Inácio, no jardim Freitas Júnior, em Taboão da Serra está deixando amedrontados alunos, funcionários e professores. Com medo de possível represália dos bandidos as vítimas evitam falar dos casos e só o fazem com a condição de manter o anonimato. 

Os crimes acontecem na hora de entrada e saída dos alunos nos turnos da manhã, tarde e noite e são praticados por criminosos encapuzados e armados em motocicletas abordam as vítimas e roubam tudo que podem. 

Há algumas semanas um professor que dá aulas no turno da noite foi rendido logo que deixou o estacionamento da escola e teve o seu veículo roubado. O docente não foi agredido pelos criminosos, mas o assalto deixou toda a comunidade escolar com medo.

Os crimes contra os alunos e funcionários da escola acontecem frequentemente há anos. Há períodos em que o índice aumenta e para se proteger muitos dos estudantes acabam faltando as aulas. 

“A gente fica com medo de tudo isso. Eu só fico em paz quando os meus filhos chegam em casa. Quase sempre chegam contando os assaltos que aconteceram na porta da escola”, disse uma mãe moradora da vizinhança que pediu para não se identificar temendo represálias.




Comentários