/

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Educação

Embu das Artes supera meta do Ideb e tira nota 6

Por Assessoria de Comunicação de Embu das Artes | 13/09/2016

ideb

Divulgação

A educação básica (do 1º ao 5º ano) de Embu das Artes alcançou nota 6,0 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2015 e superou novamente a sua meta, que era de 5,5. O Ministério da Educação divulgou os dados no dia 8/9, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  

A rede do município atende cerca de 13.900 alunos nessa etapa e vem apresentando um crescimento na sua qualidade de ensino a cada edição do Ideb, sempre ultrapassando as metas preestabelecidas. As marcas nos anos anteriores foram de 4,6 (2007), 4,7 (2009), 5,3 (2011) e 5,5 (2013).

Em âmbito nacional, o Ideb 2015 do ensino fundamental (1º ao 5º ano) foi de 5,5, ficando acima da meta de 5,2. Já os anos finais, do 6º ao 9º ano, registraram 4,5, abaixo da meta de 4,7 e, embora venha crescendo no decorrer dos anos, a evolução em qualidade nessa etapa ficou aquém do esperado. No Ensino Médio o Ideb foi de 3,7 (escala de 0 a 10), o mesmo de 2011, porém a média aguardada era de 4,3.

Sobre o Ideb

Criado em 2007, o Ideb é um indicador de desempenho da educação brasileira divulgado a cada dois anos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), e avalia a qualidade dos ensinos fundamentais e médio em escolas públicas e privadas.  A "nota" do ensino básico varia numa escala de 0 a 10. Conforme meta do MEC, o Brasil precisa alcançar até 2021 a média 6 nos anos iniciais do ensino fundamental.O indicador é calculado com base nos dados do Censo Escolar (com informações enviadas pelas escolas e redes) e médias de desempenho nas avaliações do Inep, como a Prova Brasil.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.