Passageiros denunciam farra do livre acesso no transporte de Taboão da Serra

Por Anderson Dias | 15/08/2016

Passageiros da linha circular em Taboão da Serra, tem acompanhado diariamente irregularidades cometidas pelos motoristas. Dessa vez, os usuários do transporte público denunciam ações de camaradagem, por parte dos profissionais da viação Pirajuçara/Fervima, que compõem o mesmo grupo. De acordo com os passageiros, a amizade de alguns motoristas tem permitido o acesso gratuito ao embarcar nos ônibus.

O acontecimento tem ocorrido diariamente, o profissional abre as portas de trás do ônibus, e diversas pessoas adentram ao coletivo sem pagar nada. A pratica inclui segundo informações, amigos, parentes e conhecidos destes motoristas. Nem mesmo a câmera instalada dentro do veículo inibe o exercício de coleguismo. Quem paga para utilizar o transporte está indignado. “Uns pagam e outros se beneficiam da amizade com o motorista para andar de graça”, disse um passageiro.   

Chamado por alguns de “A farra do livre acesso”, passageiros tem se beneficiado com isso, vão e voltam com gratuidade nos circulares. A passagem em Taboão da Serra custa 3,00, os usuários acham o transporte caro, já que alegam que o trajeto é curto em comparação a uma outra linha que sai do centro do município e vai até o centro de São Paulo e custa 3,80. “Aqui o transporte é caro, sujo e ainda conta com irregularidades por todos os lados”, revela um passageiro.

O jornal Na Net divulgou em março deste ano, que motoristas das linhas municipal circular em Taboão da Serra, há muito tempo cometem atitudes suspeitas no interior dos ônibus. Passageiros denunciaram que esses profissionais poderiam estar ganhando um extra durante o expediente, já que esses estariam em posse de vários Bilhetes Ônibus Metropolitano (BOM), e quando o passageiro vai passar pela catraca, eles recebem o dinheiro e pedem para as pessoas passarem o cartão. “Além de andarem de graça, há a questão de um tal bilhete suspeito que vários motoristas passam na catraca e ficam com o dinheiro”, disse uma passageira. 

A Viação Pirajuçara que detém a licitação vigente e pertence ao grupo que compõe a Fervima, das linhas do transporte municipal de Taboão da Serra, sempre apresenta algum tipo de insatisfação por parte da população, falta de respeito dos motoristas, alta velocidade, sujeira e tarifa cara, estão entre as maiores reclamações apontadas pelos passageiros. “Os motoristas dessas linhas circulares têm todos os defeitos, mal educados, brutos e ainda não cobram passagem quando é para amigos”, disse uma passageira.

Comentários