Edilson não joga mais pelo CATS e pode ir para time de Brasília

Por Gabrielly Sousa | 18/07/2016

O veterano Edilson Capetinha não atuará mais como jogador do Clube Atlético de Taboão da Serra (CATS), as informações foram do presidente do clube Anderson Nóbrega. Com pouca atuação e quase nenhum destaque em campo pelo clube taboanense Capetinha foi sondado por times da Capital do País e pode seguir carreira por lá.

Anderson Nóbrega não poupa elogios a Edilson e declara que a experiência do jogador foi primordial para o empenho da equipe no Campeonato Paulista da série B em 2016. Mesmo fora das partidas o jogador de 46 anos ainda continuará dando auxílio ao clube taboanense em outras funções. 

Em campo pelo tricolor taboanense Capetinha não demonstrou bons resultados, jogou apenas dois jogos em casa desde o início do contrato e não marcou nenhum gol com a camisa de Taboão. Contra o time do Amparo, Edilson ainda perdeu um pênalti.

Edilson Capetinha, juntamente com o presidente do time, foi responsável por levar o projeto de Treinador Rotativo ao time taboanense. No projeto inúmeros craques da bola passarão, semanalmente, pelo time para treinar fundamentos e táticas de campo com os meninos do CATS. Já passaram pelo cargo os veteranos, Marcelinho Carioca, Biro-Biro e Túlio Maravilha.

Comentários