GCM de Taboão morre de complicações no fígado no HGP

Por Sandra Pereira | 22/06/2016

A família Guarda Civil Municipal (GCM) de Taboão da Serra está de luto por causa do falecimento precoce de Luciana Gomes Blanco, 39, integrante da corporação desde o ano de 2007. Ela morreu no Hospital Geral do Pirajuçara na noite desta quarta-feira, 22, vítima de complicações devido a uma infecção no fígado.

Luciana era casada com outro integrante da corporação, o GCM Blanco. Ela deixou dois filhos, o mais novo de apenas 6 anos.

A GCM estava no HGP há alguns dias devido a um problema no fígado. Os médicos disseram que o quadro agravou e ela acabou entrando em coma. 

O Jornal na Net apurou que a equipe médica acredita que a causa da morte dela foi uma “hepatite fulminante”.

Até o fechamento dessa matéria não havia informações sobre o velório ou sepultamento do corpo de Luciana.

Comentários