CATS começa bem na terceira fase

Por Alan Bezerra | 5/09/2010

O Taboão da Serra começou muito bem na terceira fase da Segundona do Paulistão. A vitória por 2 x 0 sobre o Olé Brasil, conquistada na partida disputada no sábado, às 11h, no Estádio Vereador José Ferez, foi obtida graças aos gols de Alemão e Sassá, ambos no segundo tempo da partida. 


Logo no começo da partida, o Taboão da Serra começou pressionando o Olé Brasil, que ficou no campo defensivo e só chegava no contra-ataque, mostrando o que seria a tônica de todo o jogo. O atacante Cleber era o mais acionado na equipe de Ribeirão Preto, enquanto que o CATS utilizava o lateral Claudinho como principal válvula de escape. 


Mesmo tendo o domínio das ações ofensivas, a equipe taboanense encontrou muitas dificuldades para trabalhar a bola no meio-campo, pois o Olé Brasil endureceu a marcação, colocando muitos homens nesse setor do campo. 


As chances de gol eram poucas. Leandrinho, aos 10, após jogada pela esquerda, e Brumati, aos 21, em cobraça de falta, levaram perigo a meta de Alex. Do outro lado, o Olé Brasil não conseguiu criar nenhuma grande chance de gol. 


O Taboão criou mais duas chances, com a cobrança direta de escanteio de Claudinho e com o chute de fora da área de Willian, aos 27 e 33 minutos, respectivamente. O Olé Brasil só levou perigo a meta de Matheus aos 38, com o chute de Alisson.


Antes do término do primeiro tempo, Leandrinho foi expulso após acertar o cotovelo em Emerson, deixando o Taboão com um homem a menos. 


O time de Ribeirão Preto voltou com outra postura do intervalo e foi para o ataque. Mas não contava com a melhora do Taboão, que cresceu na segunda etapa, principalmente com uma maior participação de Terrão. O camisa 10 quase fez aos 7, mas parou na grande defesa de Alex.


O Taboão era muito melhor na partida e abriu o marcador aos 10. Brumati viu Alemão sozinho na direita e fez ótimo lançamento para o camisa 8, que não desperdiçou a chance e marcou um belo gol.


Aos 25, três minutos após a parada técnica, Terrão quase fez o segundo, de cabeça. Mas aos 31, o Olé Brasil não conseguiu evitar o segundo gol. Claudinho cobrou escanteio na cabeça de Sassá, sem chances para Alex.


O Olé Brasil passou a pressionar o Taboão, principalmente nos minutos finais. Nos acréscimos, o goleiro Matheus foi o grande destaque, ao fazer duas importantes defesas depois dos chutes de Alan e Alisson, que garantiram os 2 x 0 para os donos da casa. 


Na próxima rodada, o Taboão da Serra viaja até Capão Bonito, onde enfrenta o Elosport no dia 7 de setembro, feriado da Independência, às 11h.


Ficha Técnica:


Taboão da Serra 2 x 0 Olé Brasil


Sábado - 11h - 04/09/10


Estádio Vereador José Ferez - Taboão da Serra


Taboão da Serra


1. Matheus, 2. Claudinho, 3. Brumati, 4. Sassá e 6. Willian; 5. Tiago, 8. Alemão, 7. Eder e 10. Terrão; 9. Leandrinho e 11. Bina

     

      Técnico: Índio

     

      Olé Brasil


1. Alex, 2. Alfredo (18. Daniel, aos 23 do 2°T), 3. Juninho, 4. Branca e 6. Dodô (16. Francis, aos 18 do 2°T); 5. Emerson, 8. Motta, 7.      Márcio e 10. Alan; 9. Alisson e 11. Cleber (15. Linyker, aos 27 do 2°T)


Técnico: Thiago Kosloski


Gols - Alemão, aos 10 do 2°T (1 x 0) e Sassá, aos 30 do 2°T (2 x 0).


Cartões:


Amarelos - Brumati e Leandrinho (Taboão da Serra); Alfredo, Emerson e Motta (Olé Brasil)


Vermelho - Leandrinho (Taboão da Serra)


Arbitragem - Márcio Henrique de Góis


Assistente - Luis Alexandre Nilsen e Carlos Alberto Funari

Comentários