GCM impede roubo, mata três jovens assaltantes e deixa um ferido em Taboão

Por Amanda Marques | 13/09/2015

Uma tentativa de assalto na noite do sábado, 12, terminou com três jovens mortos e  um ferido  na Rua João Batista de Oliveira, em frente ao Grande Hotel Taboão, próximo do Extra Taboão. O Guarda Civil Municipal (GCM), T. C., tinha acabado de deixar o plantão quando viu um casal sendo abordado por quatro assaltantes. O GCM deu voz de prisão aos acusados que teriam atirado contra ele. O GCM revidou atirando contra os criminosos. Dois acusados morreram baleados no local, um outro ferido chegou a ser socorrido, mas também faleceu. O quarto acusado ferido fugiu. O casal vítima dos assaltantes não se feriu e o GCM também ficou ileso. Todos os acusados eram menores de 18 anos. 

De acordo com as informações contidas no boletim de ocorrência, o GCM, estava parado no semáforo e presenciou a abordagem dos bandidos ao veículo. O GCM esperou que os indivíduos tirassem as vítimas de dentro do carro para atribuir voz de prisão. Foi neste momento que os acusados reagiram e atiraram em direção a ele, que por sua vez, disparou contra os assaltantes, portando de uma pistola calibre 38. Dois deles morreram no local. Os GCMs Luiz Marcelo Borgatto e Elivelton Alves de Souza foram acionados para contribuir com os devidos reforços. 

O SAMU prestou socorro aos infratores baleados, mas eles não resistiram aos ferimentos. O jovem de 15 anos, L.G.S, chegou a ser encaminhado ao Hospital Geral de Pirajussara, onde também não resistiu. Até o fim da elaboração do boletim, os familiares não haviam sido localizados. As vítimas S.N e G.O.N (pai e filha), ouviram a troca de tiros, mas saíram ilesas e o caso foi encaminhado a 1° Delegacia de Polícia de Taboão da Serra, para a elaboração do crime previsto sob o artigo 157 (roubo) e 121 (homicídio simples).Todos os bandidos eram menores de idade. 

A mãe de K.G.L, um dos jovens mortos durante a tentativa de assalto, compareceu a Delegacia e apresentou o documento de identidade do filho. A perícia técnica também esteve no local e apreendeu as armas utilizadas pelos meliantes, bem como a do GCM, para a realização dos testes periciais. O carro foi apreendido e depois devolvido ao dono. O setor de homicídios acompanhou os trabalhos da polícia judiciária, onde foram solicitados exames de necropsia nos jovens mortos na tentativa de assalto.

Comentários