/

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Transporte e Trânsito

Radares da Régis Bittencourt entram em operação de multas a partir de segunda, 29

Por Jodely Dias | 26/06/2015

Radar03

Assessoria de ImprensaA expectativa da concessionária é de que a fiscalização eletrônica de velocidade resulte em redução do número de acidentes

Os radares fixos instalados ao longo da rodovia Régis Bittencourt entrarão em operação de multas a partir da 0h de segunda-feira, 29 de junho. Os equipamentos foram implantados pela Autopista Régis Bittencourt, concessionária do Grupo Arteris que administra o BR-116 no trecho entre São Paulo e Curitiba. Os radares estão devidamente identificados na rodovia e funcionam de forma educativa desde fevereiro do ano passado. 

A responsabilidade de autuação nas rodovias federais é da Polícia Rodoviária Federal, cabendo à Concessionária efetuar o encaminhamento das multas aos motoristas que cometerem infrações. A Autopista Régis Bittencourt enviará diariamente para Polícia Rodoviária Federal, em Brasília, os registros de excessos de velocidade, e após a verificação da Polícia e feitos todos os procedimentos de identificação das imagens, as autuações serão encaminhadas via Correios aos endereços dos proprietários dos veículos, que posteriormente receberão as penalidades. 

A expectativa da Concessionária é que o início das cobranças de multas resulte na redução do número de acidentes e mortes na rodovia. A Autopista Régis Bittencourt registrou a redução de 26% no número de mortes em 2014, na comparação com o mesmo período de 2013. Os acidentes fatais também apresentaram redução de 18,4% no mesmo período; e os outros tipos de acidentes (com feridos e sem vítimas), no total, também registraram uma redução de 3,2% em relação a 2013. 

Vale ressaltar que continuará em operação a fiscalização por meio de radares portáteis e fotográficos, realizada pela Polícia Rodoviária Federal, e das câmeras de monitoramento da Concessionária, conforme resolução do Contran de dezembro de 2013.

Comentários

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.