Campanha contra o HPV começa hoje em Embu das Artes e deve vacinar mais de 7 mil meninas

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 10/03/2015

A Campanha contra o Human Papiloma Vírus, conhecido como HPV começa hoje em Embu das Artes e a ação pretende vacinar mais de 7 mil meninas com idade entre 9 e 13 anos, nas escolas públicas municipais, estaduais e particulares do municipio. O principal objetivo da campanha é a prevenção do câncer de colo do útero, e dessa forma reduzir a incidência e a mortalidade causada por essa doença. 

Vale ressaltar que as meninas de 11 a 13 anos que participaram da campanha em 2014, porem não receberam a segunda dose da vacina, devem comparecer na campanha para serem imunizadas. 

Em levantamento feito pela Secretaria da Saúde, em 2014, 6.200 meninas da cidade foram imunizadas, o que significa cerca de 88,4% protegidas da doença. Essa campanha faz parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, e o objetivo é imunizar 80% das meninas desta faixa etária em todo o País.  

Entenda a doença

Papilomavírus, popularmente conhecido como HPV, é um vírus que causa infecção na pele e nas mucosas. Hoje existe mais de 100 subtipos de HPV e alguns deles podem causar câncer, principalmente o câncer de útero.

A forma mais comum de se contrair o vírus é através das relações sexuais por este motivo a idade precoce de vacinação é importante, realizando a prevenção antes do início da vida sexual. A pessoa infectada não precisa apresentar sintomas para transmitir a doença, todavia, quando há pequenas verrugas a probabilidade de contágio é muito maior. Usar preservativo em todas as relações sexuais é a melhor maneira de evitar a infecção.

O principal sintoma do HPV são verrugas de tamanhos variáveis. Na mulher, elas costumam aparecer na região do colo do útero, ânus, vagina ou na vulva. No homem, as verrugas surgem com mais frequência na cabeça do pênis (glande) e no ânus. Em ambos os sexos podem apresentar sintomas na boca e/ou na garganta ou estarem infectados sem apresentar sintomas.

Com informações da Prefeitura de Embu das Artes 

Comentários