Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Câmeras de segurança de Taboão custaram R$ 16 mil cada uma

Por Sandra Pereira | 9/04/2012

camera

Sandra PereiraVereador Olívio disse ter sido informado que várias câmeras foram retiradas da cidade

Um documento preliminar obtido extraoficialmente pela Comissão de Segurança da Câmara Municipal de Taboão da Serra aponta que cada uma das 26 câmeras de monitoramento instaladas na cidade custou R$ 16 mil. O documento descreve todos os itens adquiridos com os R$ 900 mil enviados à cidade pelo Pronasci - leia aqui. Somente com as 26 câmeras de monitoramento teriam sido gastos R$416 mil.

No dia 27 abril, a partir das 10 horas, a comissão vai cobrar explicações sobre a aquisição e o funcionamento dos equipamentos do ex-secretário de segurança, Salvador Grisaffi, do proprietário da YBR, empresa que instalou o sistema e do atual secretário segurança Coronel Sillas Santana.

 A reunião será aberta ao público e as pessoas interessadas no tema segurança podem participar e apresentar seus questionamentos.

“Estamos fazendo a convocação com antecedência a fim de que nenhum dos três tenha desculpas para não participar. Vamos questionar o que está acontecendo, as razões da falta de manutenção dos equipamentos, a qualidade das câmeras de segurança, o processo de compra e aplicação dos recursos”, adiantou o  presidente da Comissão Segurança, vereador Olívio Nóbrega (PR). “Temos informações de que as câmeras foram retiradas e não sabemos onde estão”, completou.

As câmeras foram adquiridas com recursos do Pronasci e são aliados importantes na prevenção e combate ao crime. Mas estão sem funcionar há vários meses. Relembre aqui e aqui.

Atualmente, segundo Nóbrega, somente 2 das 26 câmeras estão funcionando. A maioria delas inclusive foi retirada do local. “Convocamos o secretário. Já o ex-secretário e o proprietário da empresa receberam comunicação direta para comparecer no dia e hora indicados”, observou.

A população acusa que vários crimes poderiam ter sido solucionados a partir das imagens dos equipamentos de monitoramento, caso eles funcionassem adequadamente. A segurança é um dos temas que mais incomodam os moradores de Taboão da Serra. Leia mais aqui.

Gomes

Como sempre a empresa YBR aparece com os preçinhos exorbitantes. Não se esqueçam, essa YBR também tem ¨participações¨ na SEMUTRANS de Taboão da Serra.

Dr. Francisco

Se existirem somente 2 das 16 cameras instaladas, onde estão as outras 14 cameras? o prefeito e seu secretário de segurança têm obrigação de responderem...Mal versação de $ público dá cassação, quem sabe alguma ave de rapina não surrupiou as cameras, afinal elas existem em gde numero na PMTS, que me desculpem as aves...

Eduardo

É uma vergonha, se fizer uma minuciosa com certeza as mascaras irão cair, tem que chamar o DATENA!! Rede Bandeirantes já !!!

anonimo

Isso meus caros leitores e imprensa é apenas a ponta do iceberg porque voces não entrevistam a senhorita Claudia Bovo, o inspetor Itamar Nascimento, eles devem possuir muita informação , pois a senhorita Claudia vive em Brasilia, vamos investigar com mais .......seriedade não basta jogar essa informações no site tem muito mais podre ai que no Covil do Bagre

kandrevas

Só para informar os críticos de plantão, este assunto das camaras foi levantado e cobrado na reunião do Consegue,alguém se lembra???

Neco do Leme

Cadê o prefeito para esclarecer o assunto ? Agora vão lá e votem no candidato dele para tudo continuar : mesmos secretários , MESMOS ESQUEMAS ... CADÊ AS AUTORIDADES ? VÃO APARECER SOMENTE APÓS A REDE GLOBO DIVULGAR ?

Beto

Uma curiosidade que tenho é que geralmente nos postes aonde essas cameras estão fixadas tem uma antena via satélite, fico imaginando se funciona e funcionando o valor pago por isso..pior ainda se nao funcionar e mesmo assim ser pago o serviço de transmissão, caros jornalistas tem como descobrir? Grato.

Antonio Pereira

Sempre disse que existe algo de podre no reino de Taboão há tempos. Agora, R$ 16.000,00 cada camera de segurança é algo inexplicável, neste valor poderiam comprar equipamentos até da NASA e que conseguiriam captar até calor do corpo humano. Realmente, é uma verdadeira esculhambação com a verba pública da nossa cidade. Logicamente, quem haveria de ter retirado os equipamentes, se é que chegaram a ser instalados é somente empresas do ramo de segurança. Cadê o MP?

19/09/2017

"Encontro" de motoqueiros tira a paz de moradores do Saint Morritz aos domingos

Faz três domingos consecutivos que os moradores do jardim Saint Morritz, em Taboão da Serra,...

18/09/2017

Boehringer Ingelheim abre vagas de estágio na unidade de Itapecerica da Serra

A Boehringer Ingelheim, empresa de origem alemã que está entre as principais farmacêuticas do...

17/09/2017

Pai da deputada Analice, seu Avenir Fernandes, morre aos 79 anos

O pai da deputada estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Analice...

17/09/2017

PhotoTruck da ImageMagica levou fotografia e reflexão a alunos de Embu

“Você pode ser fotógrafo em casa, precisa apenas de olhar”. É como Gabriel, aluno de Osasco...

15/09/2017

Prefeitura de Taboão e Sebrae oferecem palestras de empreendedorismo

Se você é empresário ou pretende abrir o próprio negócio, uma boa oportunidade é participar das...

14/09/2017

Incêndio destruiu Centro de Distribuição dos Correios de Itapecerica da Serra

A sede do Centro de Distribuição Domiciliar (CDD) dos Correios de Itapecerica da Serra, situada...

12/09/2017

Negar o próprio sofrimento é uma das razões que podem desencadear o suicídio

O suicídio é uma consequência extrema de questões não problematizadas. É desta maneira que o...

07/09/2017

Público lotou arena Multiuso no desfile de 7 de setembro em Taboão da Serra

Os alunos da rede pública de Ensino de Taboão da Serra fizeram bonito no tradicional desfile de...

05/09/2017

Itapecerica da Serra está de luto pela morte Maurício Rocha, da Defesa Civil

O Coordenador Municipal de Proteção e Defesa Civil da Prefeitura de Itapecerica da Serra,...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.