Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Taboão recebeu R$ 4 milhões para investir em segurança

Por Sandra Pereira | 26/03/2012

sssssaas

Sandra PereiraSomente para investir em câmeras de segurança Taboão recebeu R$  882.947,19

Nos últimos quatro anos o governo federal investiu em Taboão da Serra, por meio do Ministério da Justiça (MJ) R$ 4.037.620,17. A aplicação dos recursos públicos federais foi feita a partir do Convênio SENASP 148/2008, celebrado com recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Veja aqui. O valor do repasse corresponde a R$ 558,34 para cada um dos 72.314 domicílios existentes no município. 

Ao mesmo tempo em que recebeu recurso recorde para melhorar a segurança a cidade viu renascer o medo da violência, que predominava há uma década, quando Taboão figurava entre as 10 cidades mais violentas do estado.

A segurança pública é responsabilidade do governo do estado, gestor das forças policiais de prevenção e combate à violência. Cabe à polícia militar realizar o policiamento preventivo, ou seja, impedir que os crimes ocorram. Já a polícia civil cabe a tarefa de investigar os crimes e prender os culpados. 

Mas, enquanto o governo federal investiu R$ 4 milhões em Taboão o estado não cumpriu a promessa de construir o segundo distrito policial do Pirajuçara. O segundo distrito da cidade é promessa repetida várias vezes pelo PSDB, que nem ao menos garantiu o aumento no efetivo que atende à cidade. Outro problema grave é a falta de manutenção constante das viaturas.

"A maioria das viaturas fica parada em frente ao Batalhão porque está quebrada. Quando uma viatura está em atendimento a ocorrência chega a ficar um dia inteiro parada na delegacia", disse um policial sob a condição de anonimato. "Não tem funcionários para implantar uma nova delegacia. Teria que ter concurso público específico", apontou outro policial civil, que também pediu anonimato por temer represália.

O descaso do estado no tocante à segurança pública obriga as cidades, por meio da  Guarda Civil Municipal (GCM), que tem a missão de proteger o patrimônio público, contribuir no combate à violência. Na prática a corporação ganhou ares de força policial, mesmo não sendo essa a sua finalidade. 

De acordo com informações do Portal da Transparência, do Governo Federal, Taboão da Serra foi beneficiada com seis convênios que juntos superam os R$ 4 milhões. O valor  destinado à segurança do município é o 5º maior do Governo Federal em Taboão da Serra, fica atrás apenas do que a cidade recebeu dos Ministérios da Saúde (R$ 5.211.909,66 milhões), Esporte (R$ 5.573.899,22 milhões), Integração Nacional (9.845.000,00 milhões) e Cidades (R$ 57.410.555,44 milhões).

O portal da transparência lista 11 órgãos concedentes com os somatórios de maiores valores liberados por convênios no município - veja aqui – e, de acordo com o site, o Convênio SIAFI 763229, - aqui- o mais recente da relação, trata da “aquisição de software de videomonitoramento para implementação e expansão do Gabinete de Gestão Integrada”. O valor do referido convênio é de R$ 1.207.910,00.

Cedido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, o valor foi liberado em sua totalidade em 30/12/2011. A vigência é desde 28/12/2011, com prazo de um ano. De acordo com estas informações, se cumpridos os prazos, as referidas melhorias que justificam o empenho devem ser executadas nos próximos nove meses.



Câmeras de segurança


Sobre as 26 câmeras de videomonitoramento da cidade, das quais apenas quatro funcionam - relembre aqui e aqui -  o prefeito Evilásio Farias disse que elas carecem de manutenção constante. Ele garantiu que até o final do ano todas as entradas, saídas e principais de Taboão estarão monitoradas por câmeras. 

“Reduzimos o número de homicídios. Mas os roubos de carros e assaltos aumentaram porque a cidade cresceu e tem dinheiro circulando, mas a segurança é responsabilidade do estado. Não é papel da nossa guarda cuidar da segurança, a gente só faz porque o estado não cuida”, afirmou.

Desde dezembro de 2011 um Inquérito Civil foi aberto com a finalidade de apurar eventuais desvios de verbas federais enviados a Taboão da Serra por meio do Pronasci. O Jornal na Net apurou que  Ministério Público Federal chegou a realizar diligências, a fim de investigar as irregularidades, mas o problema teria sido “maquiado” pelo ex-secretário de segurança de Taboão da Serra, Salvador Grisafi. 

"Quando o Ministério Público vinha verificar eles apresentavam equipamentos novos fornecidos pela empresa que instalou as câmeras. Logo em seguida retiravam. Era só para desviar o olhar dos integrantes do MP", relatou um servidor público que acompanhou de perto o caso e pediu para não ser identificado por temer represália. 

Outro inquérito também aberto em 2011 apura contrato de locação de uma viatura para a GCM, uma van Fiat Ducato Greencar, placas DVT-3660 –  que seria propriedade do vereador Arnaldo Clemente dos Santos, um dos acusados presos durante a Operação Cleptocracia.

O outro lado

O proprietário da empresa YBR, Youssef Bem Riman, afirmou que não ter  lógica a informação de que a YBR ajudaria simular situações com a finalidade de impedir investigação do Ministério Público (MP). Além disso, ele esclareceu que o valor do convênio para a compra dos equipamentos foi estabelecido pelo Pronasci sem qualquer interferência da empresa.

"O processo do Pronasci não tinha cabos e nem postes, por exemplo, a empresa arcou com esses custos. Não posso ser penalizado por que qualquer problema posterior à instalação", disse Youssef Bem Riman. 


18/07/2018

Garra prende homem em flagrante e recupera carga avaliada em R$ 675 mil

Policiais do Garra prenderam em flagrante na noite desta segunda-feira 17, em Itapecerica da...

15/07/2018

PM prende suspeito de roubo e recupera carro roubado em Taboão

Um homem foi preso por policiais do 36º BPM na noite da última sexta-feira 13, após roubar um...

13/07/2018

Em ação conjunta policiais da DISE e Garra apreendem mais de 6,4 kg de drogas

Policiais da Dise com o apoio do Garra realizaram na manhã desta quinta-feira 12, cinco mandatos...

13/07/2018

Mulher acusada de praticar golpe do ‘boa noite cinderela’ é presa em Itapecerica

Vanuzia Alves Santos, foi presa na última quarta-feira 11, suspeita de matar um gerente de banco...

12/07/2018

Polícia prende homens que praticavam nova espécie de assalto em Taboão

Policiais da equipe de moto do 36º da BPM da 4º Cia os Soldados Isaque e Helder, prenderam em...

12/07/2018

Jornalista é brutalmente agredido no Rodeio de Itapecerica da Serra

O primeiro final de semana do rodeio de Itapecerica terminou com uma agressão brutal e covarde...

12/07/2018

Mulher que furtava lojas com os filhos é presa em Itapecerica

A Polícia Civil de Itapecerica da Serra prendeu nesta quarta-feira 11, uma mulher suspeitar de...

11/07/2018

Morador de Taboão era membro de quadrilha que tentou assaltar AME de Santos

Um morador de Taboão da Serra foi pego em flagrante, atuando numa quadrilha  que  invadiu o...

10/07/2018

Homem tentou sequestrar criança, mas foi detido e espancado por populares

Um homem acusado de tentar sequestrar uma criança no Parque Marabá, em Taboão da Serra, acabou...

09/07/2018

Patrulha Guardiã Maria da Penha já está operando em Taboão da Serra

Fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Taboão da Serra e o Ministério Público, a Patrulha...

18/07/2018

Garra prende homem em flagrante e recupera carga avaliada em R$ 675 mil

Policiais do Garra prenderam em flagrante na noite desta segunda-feira 17, em Itapecerica da...

18/07/2018

Inflação pesa mais no bolso de pessoas acima dos 60 anos

A enfermeira Maria Tereza Ambrosio Rossi, de 70 anos, sente no bolso a aceleração da inflação,...

17/07/2018

Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a primeira...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.