Prefeitura de Taboão ainda não conhece projeto de implantação de vias marginais na BR

Por Sandra Pereira | 11/04/2013

A prefeitura de Taboão da Serra desmentiu a informação repassada pela Autopista Régis Bittencourt, enviada ao Jornal na Net por meio de nota, dando conta que a prefeitura da cidade já havia tomado ciência do projeto de implantação das rodovias marginais, assim como das áreas desapropriadas no município para a sua implantação. Recentemente a presidência da República desapropriou em regime de urgência 15 propriedades em Taboão para uso da Autopista – leia aqui e aqui. Até o momento a localização exata das áreas, os proprietários atingidos, os valores das desapropriações e outros detalhes do projeto ainda permanecem em segredo.

 “Durante o desenvolvimento do projeto executivo das obras, a concessionária necessariamente envolve as prefeituras municipais na conciliação do interesse público que essas obras devem atender”, garantiu a assessoria de imprensa da Autopista Régis Bittencourt na nota enviada à redação do Jornal na Net

Mas, há quase duas semanas a reportagem do Jornal na Net tenta levantar informações mais precisas sobre as desapropriações e o projeto de implantação das marginais. Na terça-feira, 9, a assessoria de imprensa da prefeitura de Taboão informou por email.

 “O secretário de Obras não pode se pronunciar sobre essa questão porque a Autopista sequer apresentou o projeto com a área de desapropriação. A Autopista é quem pode responder, no momento, sobre todas as questões que envolvem essa desapropriação”, respondeu a prefeitura de Taboão.

Os vereadores da cidade também ignoram os detalhes do projeto. A reportagem do Jornal na Net conversou com vários deles que revelaram não terem sido informados sobre o assunto. Todos os que foram ouvidos afirmaram que souberam das desapropriações pela imprensa.

Comentários