Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Cotidiano

Videomonitoramento acumula R$ 1,5 milhão em gastos

Por Sandra Pereira | 4/07/2012

monitoramento

DivulgaçãoVideomonitoramento acumula gastos, segundo apurou o Jornal na Net

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SDS) de Taboão da Serra acaba de fazer mais um investimento milionário na tentativa de resolver o grave problema desencadeado pela falta de câmeras de segurança no município. A pasta, responsável pela Guarda Municipal, conseguiu empenho no valor de R$ 617. 022,00, para a compra de novo software, informa o Portal da Transparência nos Recursos Públicos Federais, órgão vinculado à Controladoria-Geral da União (CGU), da Presidência da República. Apesar de receber expressiva quantia de recursos o videomonitoramento não está normalizado na cidade.

De acordo com o levantamento feito pela reportagem, o montante está divido em três empenhos de valores distintos. Datados de 29/05/2012 (04674, 04675 e 04676), relativos ao processo G00036/2012, estão em nome do fornecedor Stocktotal Telecomunicações Ltda, nos valores de R$ 38.106,00, R$ 57.891,60 e R$ 521,024, 40, respectivamente. Embora o processo licitatório tenha sido na modalidade de pregão, a YBR Sistemas de Segurança Eletrônica Ltda-ME, antigo fornecedor, não venceu desta vez.

As informações do portal relacionam os trâmites ao Convênio 763229/11, e os valores citados são para a aquisição de programa de computador para o Videomonitoramento da SDS. É o segundo software adquirido pela secretaria para esta finalidade. Conforme divulgado pelo Jornal na Net, a implantação do sistema de segurança em Taboão da Serra custou aos cofres públicos federais R$ 882.947,19 mil (reveja aqui).

O recurso fora repassado pelo Ministério da Justiça para implantar o sistema de segurança, bem como para a aquisição de equipamentos e mobiliário para instalação física do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), visando à prevenção da violência crescente na cidade. Denúncias de agentes da corporação e relatos de munícipes indicavam que o sistema de segurança não funcionava como deveria.

Investigação

À época, a repercussão fora tamanha, que culminou na investigação do caso pela Comissão de Segurança da Câmara Municipal de Taboão da Serra (relembre aqui).  Em evento posterior, as partes citadas foram convidadas a dar explicações a respeito, sendo ouvidos o ex-secretário de segurança Salvador Grisafi, e o proprietário da empresa YBR Sistemas de Segurança Eletrônica Ltda-ME, Youssef Bem Riman.

“Desconheço a ocorrência de fraude na implantação do sistema de monitoramento na cidade. Fizemos tudo como manda a lei e deixamos funcionando, mas o prefeito se recusou a fazer um contrato de manutenção. Esses equipamentos são sensíveis e a maioria quebrou devido à falta de manutenção”, afirmou Grisafi no evento.

 Durante a reunião, o presidente da Comissão, Olívio Nóbrega (PR) reiterou a necessidade de se apurar a denúncias. “Estamos iniciando um trabalho e seria prematuro atribuir responsabilidade sobre os fatos. Mas é inegável que a responsabilidade pelos atos do Executivo é do prefeito Evilásio Farias”, apontou , acrescentando que a apuração continuaria.

No mesmo encontro com a Comissão de Segurança realizado no princípio de maio (aqui), após discussões sobre a polêmica do suposto sucateamento do sistema de monitoramento na cidade, o atual secretário de segurança, Coronel Silas Santana garantiu aos participantes que em dois meses as câmeras de monitoramento voltariam a funcionar normalmente. O prazo terminou no último dia 27, mas até o momento os equipamentos ainda não operam normalmente.

Cidadão indignado 2

Aposto como o GCM do 2º comentário é um dos que estão sob ar condicionado,ganhando seus milhares, enquanto os que trabalham de verdade, sequer têm equipamentos decentes. Tem mesmo é que fazer denúncia. O portal faz o trabalho que o MP e demais órgãos responsáveis pela fiscalização do uso do dinheiro público não fazem

Resposta:

Cidadão Indignado

Uma pergunta que milhares de taboanenses devem fazer ao Executivo, Legislativo e Judiciário de Taboão: se este é o segundo equipamento desta natureza comprado com o dinheiro do povo, do qual eu também faço parte, para onde foi o outro? Eu dou uma dica: procure nos municípios vizinhos, onde também a YBR prestava serviço,sobretudo, Embu-Guaçu e poderão (MP, TCU, TCE, etc) obter respostas. O mesmo serve para as câmeras. Verdade inconveniente: o povo de Taboão pagou por equipamentos, mas quem usa são os municípios vizinhos. Não é atoa que os índices de criminalidade na cidade aumentam, enquanto nos outros diminuem. Aliás, esta é apenas uma das muitas perguntas que seguem sem resposta desde que a imprensa regional começou a informar sobre o descaso com o dinheiro público e a (IN)segurança no município, doença crônica em fase terminal. Espero que o senhor Silas Santana tenha o mínimo de ombridade para vir a público e dizer à população porque sua promessa da volta do videomonitoramento não foi cumprida. A famigerada "eu não sei/sabia de nada" não cola mais. Sejamos no mínimo criativos.

GCM

É lamentável como tem pessoas que não possui conhecimento dos fatos e publicam matérias sem embasamento. Até o momento que cita o Portal da Transparência está correto, a liberação de empenhos, convênio firrmado também, graças ao bom trabalho da Secretaria foi possível viabilizar tal feito, agora associar um projeto ao outro está totalmente equivocada a questão. Srª Jornalista, vou te informar que este novo projeto se faz pela implantação de um sistema de rádio digital com participação no sistema em tempo real, promovido através de tablets, que nada tem a ver com o monitoramento das Cãmeras. Antes de confundir "focinho de porco com tomada", apure os fatos, se informe, diretamente com quem entende do assunto na Secretaria e depois sim, divulgue informações corretas, com dados verídicos.Que fique como aprendizado. Passar bem!

anonimo

Essa apuracao pela camara municipal foi ou e uma piada, o video mnitramento de taboaoa nao funcionou nem seis meses e ate agora ninguem tomou nenhuma providencia cade o ministero publico porque o legislativo de taboao e refem ou cumplice do executivo

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

26/04/2017

Bom Prato de Taboão abre as portas superando expectativas e com elogios

O restaurante popular Bom Prato Taboão da Serra abriu suas portas ao público nesta quarta-feira,...

25/04/2017

Conseg Monte Alegre fará reunião no Intercap para debater segurança na região

Instrumento importante de participação popular em favor da Segurança Pública a reunião mensal da...

22/04/2017

Engenheiro  desaparecido em Itapecerica da Serra é localizado em Curitiba

O engenheiro Cláudio Silvestre Rodrigues, morador de Itapecerica da Serra, que estava...

21/04/2017

Família de engenheiro de Itapecerica cria força tarefa para localizá-lo, ajude!

Uma verdadeira força tarefa formada por familiares, integrantes da Polícia Militar e da Guarda...

16/04/2017

Taboão da Serra realizou 61ª encenação da Paixão de Cristo com inovações

O público emocionado e atento assistiu a 61ª encenação da Paixão de Cristo de Taboão da Serra,...

13/04/2017

Joice Silva e Johnatan Noventa visitam Casa dos Velhinhos Santa Terezinha

“Aqui é um cantinho de céu. E aquelas duas moças são dois anjos”. Foi com essa frase, dita com...

13/04/2017

Nova balada sertaneja em Taboão estreia com show de Helena

Um dos bares mais agitados de Taboão da Serra, localizado Rua José Maria, 123, no Parque...

10/04/2017

3º Encontro de Autismo em Taboão teve público recorde e palestras de alto nível

Com participação de público recorde, palestras de nível elevado e a presença maciça de...

27/04/2017

Justiça concede liminar para tentar barrar greve geral em ônibus e metrô

Numa tentativa clara de barrar a greve geral contra as reformas da Previdência e Trabalhista,...

27/04/2017

Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado

Após quase 14 horas de sessão, a Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta quinta-feira...

27/04/2017

Taboão começa a elaborar Plano de Mobilidade em audiência pública no Cemur

Atendendo a Política Nacional de Mobilidade Urbana e a Lei 12.587/2012, que estabelece a...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.