Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Polícia

Secretário nega arquivamento de processo contra GCM em Taboão

Por Sandra Pereira | 27/05/2012

Silas

Sandra PereiraCoronel Silas diz que GCM acusado de assédio moral foi punido

“Quem não estiver contente coloca a viola no saco”. Foi por causa dessa frase, dita como forma de “incentivar” os Guardas Civis Municipais (GCMs) de Taboão da Serra a participar de uma atividade da corporação,  no Cemur, com a participação do prefeito Evilásio Farias (PSB) e o então secretário Salvador Grisaffi, que o GCM  José Carlos Alonso foi alvo de um Processo Administrativo Disciplinar destinado a apurar suposto assédio moral praticado por ele contra colegas.

Alonso foi punido com pena de repreensão após o relatório de 11 páginas do corregedor responsável pela investigação do caso. De acordo com o secretário Municipal de Segurança, Coronel Silas Santana, o processo contra o GCM não foi arquivado, conforme publicou o Jornal na Net – relembre aqui

Pouco tempo após a punição Alonso foi promovido em razão da aprovação do novo Estatuto da GCM que definiu os critérios de hierarquia na corporação.

“Não é porque o GCM cometeu uma transgressão simples que está impedido de receber promoção. O Alonso cometeu um deslize, foi devidamente punido. A promoção veio depois em razão dele ser um bom profissional”, afirmou o secretário.

Ele apresentou à reportagem do Jornal na Net cópias do processo administrativo de nº 002/2001 que em 9 de maio de 2001 estabeleceu punição de repreensão, que segundo o comandante é uma pena de alerta.

Recentemente, a Polícia Civil de Taboão instaurou inquérito para apurar as denúncias de assédio moral e ameaça contra o ex-secretário de Segurança e Defesa Social do município, Salvador Vicente Grisafi por parte de agentes da Guarda Civil Municipal. 

O 1º Distrito Policial de Taboão protocolou no mês passado o ofício nº 471 junto ao Juizado Especial Criminal da Comarca de Taboão da Serra, em resposta à determinação da Juíza de Direito, Dra Carolina Conti Reed, em que determina, por decisão do Juiz-Relator do caso, Paulo Garcia, o prosseguimento na investigação das denúncias.

O caso é estudado desde 2011. Em primeiro momento, o Ministério Público opinou pela rejeição da medida, por ausência de justa causa, ante a falta de elementos de prova de materialidade e autoria que impediam sua imputação, quando o MP rejeitou a queixa-crime. Interposto recurso, reconhecendo a prova testemunhal, houve mudança. 

Anonimo

Estava presente na ocasião e digo, não estou sendo perseguido, mesmo tendo participado de tal representação e inclusive me arrependido de tal fato, pois não me levou a lugar algum, somente gerou mal-estar. Temos que nos focar no nosso trabalho e deixar de lado essas "rusgas" infantis; vir aqui criticar é fácil, porém quando erramos, poucos se retratam como eu fiz. Portanto faça como eu responda somente pelos seus atos e não estenda seus dizeres ao coletivo, porque eu me incluo fora dessa. (Em resposta ao comentário nº 2)

anonimo

Desculpem,mas o caso do ir alonso está arquivado,tanto que o mesmo ocupa cargo de coordenador ganhando quase tres vezes mais que seu salario,ao contrario dos gcms que foram contra são perseguidos e sempre sofrem represarias,o mesmo desfruta de beneficios que lhe foram entregues,como por exemplo fazer a escala mensal desses gcms,onde está a justiça?ou serpa que e só para alguns.

classe distinta candido

Todos os dias muitas pessoas precisam de ajuda, pode ser uma briga, assalto a mão armada, o idoso passando mal, acidentes no trânsito ou até mesmo um óbito familiar. A população inconscientemente conta com uma ajuda que está disponível 24 horas por dia, sempre ali disposta a ajudar ,com sol ou chuva, de dia e a noite. A ajuda vem de homens e mulheres que escolheram se doar pelo bem à sociedade. Atrás de fardas, viaturas e coletes a prova de balas, são filhos, pais e mães de família, os “integrantes da Guarda Civil Municipal”. Tornam-se heróis ou vilões em questões de segundos. Se for preciso devem matar ou morrer na tentativa de salvar vidas. Pois ao envergar pela primeira vez a farda, fazem um juramento de proteger o cidadão mesmo que isso implique com o sacrifício da própria vida. É uma função que não permite erros, um deslize é suficiente para que uma arma dispare e finalize a vida de um ser humano. As escolhas são precisas e em todo momento estão atentos, pois nunca sabem o que irão encontrar pelo decorrer do serviço, estão prontos para servir seja quem for. Ao atender uma ocorrência, o policial não analisa a classe social, sexo ou idade e sim a decisão de saber quem é o vilão e quem é a vítima. A população deve reconhecer que o papel da Polícia é o de servir. Os noticiários na mídia muitas vezes transformam a rotina do Polícial num filme de ação, mas na realidade são pessoas comuns que escolheram uma profissão digna de respeito, a de Guarda Civil Municipal.!!!

26/04/2017

Homens são presos em flagrante por furto em estabelecimento comercial em Taboão

Policiais da RP conseguiram prender em flagrante dois homens que estavam furtando objetos de um...

25/04/2017

Polícia Rodoviária Federal divulga Balanço da operação Tiradentes

Durante a Operação Tiradentes da Polícia Rodoviária Federal 2017 que ocorreu entre os dias 20 e...

24/04/2017

Dr. Alcionei Miranda reage a assalto em sua casa e leva tiro na perna

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio de Embu das Artes, advogado...

19/04/2017

Polícia apreende carro com placa adulterada em Embu

Policias do CGP suspeitaram de um individuo que estava em um veiculo Celta de cor vermelha. Ao...

19/04/2017

Mulher é presa efetuando compras com cartão clonado em Taboão

Policiais conseguiram efetuar a prisão de uma mulher que efetuava compras com cartão clonado em...

17/04/2017

Sucateamento da Polícia Civil é constatado nas Seccionais da região

A Diretoria do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo esta promovendo uma...

12/04/2017

Prefeitura lacra asilo clandestino onde idoso morreu em Taboão

Depois da morte de um idoso e a remoção de outros seis de um asilo clandestino localizado na Rua...

12/04/2017

Policiais encontram armas e munições em carro abandonado em Itapecerica

 

Policiais do 25º BPM conseguiram aprender duas armas que estavam dentro de um carro...

11/04/2017

GCM acha idoso morto e outros 6 em cárcere privado num abrigo clandestino

Após ouvirem gritos de socorro e pedidos de ajuda vizinhos de um imóvel localizado na rua...

11/04/2017

PM prende homem que realizava roubos em Taboão com simulacro de pistola

Policiais militares conseguiram prender na tarde desta terça-feira (11), um individuo que...

28/04/2017

Manifestantes fecham Régis param a região por causa da greve geral

A greve geral deflagrada em protesto contra as reformas da previdência e trabalhista...

28/04/2017

Ônibus intermunicipais param em adesão a greve geral contra as reformas de Temer

Os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra que utilizam o transporte...

As matérias são responsabilidade do Jornal na Net, exceto, textos que expressem opiniões pessoais, assinados, que não refletem, necessariamente, a opinião do site. Cópias são autorizadas, desde que a fonte seja citada e o conteúdo não seja modificado.