Vereadores de Embu das Artes discutem cenário político após as eleições

Por Direto da Redação do Jornal na Net | 9/10/2014

Com discussões acaloradas os vereadores da Câmara Municipal de Embu das Artes usaram boa parte do expediente da sessão desta quarta-feira, 08, para fazerem um balanço das eleições e defender seus candidatos a presidência da república. As discussões são atípicas no legislativo comparado a região, as sessões sempre são tranquilas e cordiais.  

O clima esquentou quando os parlamentares Edvânio Mendes (PT) e Luiz do Depósito (PMDB) colocaram suas opiniões quanto ao cenário político do Brasil e da região. Os vereadores do PSC Ney Santos e Carlinhos do Embu rebateram as críticas e apostam na vitória do candidato do PSDB Aécio Neves. Além disso, os candidatos João Leite, Júlio Campanha e Luiz Calderoni receberam elogios pela disputa eleitoral no último domingo, no qual nenhum deles foi eleito. 

A sessão iniciou com atrasos devido compromissos externos dos edis e os trabalhos do dia se estenderam até depois das 21h. Os discursos teve como ponto principal a ida da presidente Dilma Rousseff (PT) e do candidato da oposição Aécio Neves para o segundo turno. 

"O povo brasileiro sinalizou que quer mudança e votou diferente neste ano. O País que tem mudança surge novas lideranças", afirmou Ney Santos (PSC). 

O vereador Edvânio Mendes (PT) chamou atenção para o cenário politico nacional comparando as manifestações feitas nas ruas, em junho do ano passado. "Estão postos no País dois projetos, ao meu ver o atraso e o avanço. O atraso é você voltar com o FHC e toda sua turma, atrasar tudo o que Lula e Dilma fizeram pelo nosso país, e o avanço é o que nós PT conseguimos para o País", afirma Mendes. 

Em contrapartida o vereador Ney Santos afirmou que a presidente Dilma Rousseff fez sim melhorias para o Brasil mas que muitas das conquistas hoje do PT é resultado do esforço do passado do PSDB. Também disse que o compromisso do vereador é cobrar dos candidatos o que foi prometido para região.  Ney agradeceu os votos para a deputada Analice Fernandes, que ele apoiou nas eleições e afirma que a deputada trouxe benefícios para a região e cita o Poupatempo que vai beneficiar Taboão e as cidades vizinhas. 

"Se o candidato foi eleito no primeiro turno é porque teve reconhecimento do trabalho. Essa é nossa obrigação lutar pelo nosso povo. Muitos dos avanços do PT hoje é fruto do PSDB do passado", disse. 

O parlamentar da oposição Carlinhos do Embu também rebateu as criticas do vereador Luiz do Depósito quando disse que Aécio Neves é um candidato fajuto e que não tem história. Carlinhos citou que a bancada do Partido dos Trabalhadores nas eleições do último domingo caiu significativamente. "Não adianta ficar discutindo agora. Uma coisa eu garanto o PT sabe fazer oposição", disse Carlinhos do Embu. 

Os demais vereadores também falaram e contribuíram para a discussão que de acordo com Ney Santos e Edvânio Mendes faz parte da democracia, defender ideologias e que não é um debate pessoal e sim político, que cabe defender candidato a ou b. 

O presidente da Casa, Doda Pinheiro finalizou as discussões incluindo sua opinião quanto os resultados nas urnas. E afirma que nas eleições teve a "candidatura" da imprensa, listou Globo, Folha de S.Paulo, Ibope e Data Folha como tendenciosas e que as pesquisas válidas é a resposta da população na urna.

"Tem muitos políticos bons neste pais e a prova foi a aula de democracia que o povo deu no domingo. Eu não tenho dúvidas nenhuma que a Dilma irá se reeleger presidente deste País e não tenho dúvida nenhuma que muitos de nós veremos em 2018 o PT fazer o 5º mandato consecutivo com o presidente Lula", finalizou Doda Pinheiro.  

Comentários