Mudanças na Praça Luiz Gonzaga divide opiniões em Taboão da Serra

Por Anderson Dias | 27/10/2013

Alguns munícipes de Taboão da Serra são contrários à instalação do Poupatempo na praça Luiz Gonzaga alegando que a praça é o único espaço de lazer da região. O que não agrada a população é o fato de que antes a praça recebia diversos eventos como shows.

 “Eu sempre morei no Pirajuçara e há anos a praça está aí, agora não vamos ter mais nada aqui, nem show, nenhum evento, nem a área de lazer para os nossos filhos”, reclama Patrícia Oliveira.

Diferente dela há os que defendem a instalação do Poupatempo e Bom prato com argumento de que os serviços são importantes e a praça não tinha ares de praça nem mesmo árvores ou equipamentos de lazer. “Do jeito que está a praça só é boa para os desocupados”, resume outra moradora que teme ser identificada.

O governador Geraldo Alckmin esteve em Taboão da Serra no dia 13 de setembro para anunciar a instalação do Poupatempo. O investimento da obra está estimado em R$ 3,4 milhões, e ainda outros R$ 1,3 milhões destinados à implantação e R$ 2.160.000,00 de custeio anual. No mesmo projeto ainda há a inclusão de outros dois benefícios para a população, o novo Detran e o Bom Prato, mas moradores da cidade cobram o espaço cultural, “Aqui sempre foi palco de grandes atrações, quando não, servia para o lazer dos moradores, e agora nada na região”, disse Renato Nascimento.

De acordo com o prefeito Fernando Fernandes, que na quarta-feira falou ao jornal SPTV - 1ª edição, da TV Globo, os moradores do bairro vão ganham em entretenimento. “O projeto de construção do Poupatempo prevê a preservação das árvores que já existem no local e o plantio de mais espécies. Serão instalados ainda equipamentos públicos de lazer destinado às crianças e a terceira idade”, conta. “Vale ressaltar que a Praça Luiz Gonzaga tem mais de 4.000 m² de área e o prédio da unidade terá aproximadamente 1.300 m², ou seja, todo o restante ficará remanescente para as melhorias e adequações”, completa o prefeito. “Claro que o Poupatempo é importante, ninguém tem dúvidas disso, mas ficaremos carente de um espaço que sempre serviu a nossa comunidade, isso é o que reivindicamos”, ressaltou Mirian Costa.

Em 2008 a praça Luiz Gonzaga foi “revitalizada” com a “proposta de dar cara nova à região”. O projeto inicial previa ampliação e reurbanização da área de 3. 900 metros quadrados, que teria a construção de um palco em formato removível, iluminação informatizada, novo piso, instalação de bancos e canteiros ajardinados. As obra custou R$ 620 mil financiados com recursos próprios e Ministério do Turismo, mas boa parte das melhorias propostas e o palco nunca foram instalados. A praça já foi palco de muitos eventos como encenação da Paixão de Cristo, eventos políticos, e shows diversos, “Antigamente a praça tinha shows, era divertido ver os artistas se apresentarem aqui pertinho de casa, tudo era muito bom, a gente vai sentir muitas falta disso, apesar de o Poupatempo ser algo muito bem-vindo”, Bruno Ventura

O Poupatempo Taboão, vai ser mais um dentre as diversas unidades que já existem na grande São Paulo, como em São Bernardo do Campo, Guarulhos, Osasco, Mogi das Cruzes e Suzano. A instalação do equipamento em Taboão da Serra foi prometida durante a gestão do governo de José Serra. O Poupatempo oferece serviços de emissão de atestado de Antecedentes Criminais (AAC), Carteira de Identidade (RG),carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), CPF, segunda via de documentos e encaminhamento para vagas de emprego e entrada de seguro desemprego, “Ter o Poupatempo praticamente ao lado da minha casa é muito bom, vou conseguir resolver as coisas com mais facilidade”, disse Paloma Ribeiro.

Comentários