Transferências feitas pelo PIX no período noturno ficarão restringidas a R$1 mil a partir desta segunda

Por Natália Bassi | 4/10/2021

A partir desta segunda-feira (04), as transferências feitas pelo PIX entre às 20h e às 6h terão limite de R$ 1 mil. A regra vale apenas para pessoas físicas. O principal intuito é coibir roubos, assaltos e até mesmo sequestros em virtude da facilidade de transação que a ferramenta de pagamento instantâneo oferta.

A restrição vale tanto para transações por Pix, quanto para transferências intrabancárias, via Transferência Eletrônica Disponível (TED) e Documento de Ordem de Crédito (DOC), pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos.

Os limites dessas transações poderão ser alterados pelo usuário. No entanto, será necessário entrar em contato com o banco solicitando o aumento do limite. Após análise, a resposta do pedido será dada entre 24 e 48 horas. Eles não serão mais concedidos de forma instantânea como anteriormente.

A medida faz parte de um pacote de ações de segurança estabelecidas pelo Banco Central (BC) para proteger a integridade de todos que utilizam a ferramenta.

Comentários