GCM de Embu das Artes salva a vida de bebê que estava com as vias aéreas obstruídas

Por Natália Bassi | 10/09/2021

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Embu das Artes salvaram a vida de um bebê que não conseguia respirar . A criança, de apenas 29 dias, estava com as vias aéreas obstruídas após se engasgar. Graças a ação dos guardas, a vida dela foi salva. O caso aconteceu na quarta-feira (08) no Jardim Santa Emília.

Ao perceber que a criança havia engasgado e que a mesma não conseguia respirar, o pai recorreu a sub sede da GCM no Jd. Santa Emília, que fica próximo de sua casa.

Dois agentes se deslocaram até a residência onde estava a bebê para fazer o pré-atendimento com a manobra de Heimlich. Ela é tida como o melhor método de desobstrução em um ambiente pré-hospitalar. Com os braços na altura do abdômen, uma mão fechada é colocada acima do umbigo e o dedo polegar direcionado ao abdômen. Compressões são realizadas com movimento para dentro e para cima, formando um J, cinco vezes seguidas. O movimento obstruí sem causar fratura.

Com a desobstrução concluída, os agentes encaminharam a criança para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santo Eduardo para atendimento médico especializado. A criança passa bem e já está em casa.

Comentários