Grávidas e puérperas serão incluídas no grupo prioritário de vacinação contra à covid-19

Por Natália Bassi | 28/04/2021

Após decisão do Ministério da Saúde, grávidas e puérperas foram incluídas no grupo prioritário de vacinação contra à covid-19. A medida veio após análise técnica da pasta, que orientou os municípios e os estados a seguirem a recomendação.

Até então, a vacina era direcionada somente para grávidas que tinham doença pré-existente ou faziam parte de algum grupo tido como linha de frente. Agora, com essa alteração, é estimado que mais de 3 milhões de gestantes e puérperas em todo o país recebam a primeira dose da vacina ainda no mês de maio.

Para o Ministério da Saúde, ainda que a eficácia das vacinas contra à covid-19 não tenham sido testadas em mulheres grávidas, vacinas com vírus inativado, como é o caso da Coronavac, já são tomadas por esse grupo em campanhas de vacinação no país, o que portanto não as coloca em qualquer tipo de risco.

Na primeira fase será a vez das gestantes e puérperas com comorbidades, enquanto na segunda, todas as outras, independente de idade gestacional. Mulheres que tiveram amamentando, também não precisarão interromper a prática.

Comentários