Metroviários anunciam greve sanitária para o dia 20 de abril

Por Natália Bassi | 8/04/2021

Os metroviários de São Paulo anunciaram que vão paralisar os serviços por conta de uma greve sanitária que está marcada para o dia 20 de abril. A decisão foi tomada após assembléia online do Sindicato dos Metroviários com a participação dos trabalhadores de todas as linhas, inclusive das concessionárias Via Quatro e ViaMobilidade. Elas são responsáveis pelo gerenciamento das linhas 4 e 5 respectivamente.

Os trabalhadores reivindicam vacinação para toda a categoria que não parou durante a pandemia e vem se arriscando transportando milhares de pessoas. Além disso, eles também pedem que o lockdown seja decretado, que o governo pague auxílio emergencial e que o Plano de Emergência que foi apresentado por eles seja cumprido.

Confira na íntegra a nota assinada pelo Sindicato dos Metroviários de São Paulo:

“A decisão de decretar Greve Sanitária em 20/4 foi tomada na assembleia online iniciada da noite de 6/4. Participaram metroviários de todas as linhas, inclusive os funcionários da ViaMobilidade e ViaQuatro. O governo Dória e a direção do Metrô ignoraram o Plano de Emergência apresentado pelo Sindicato e não vacinaram os metroviários, embora sejam trabalhares essenciais.

Dos 1.023 votantes, 661(64,6%) decidiram pela greve. A principal reivindicação é a vacina urgente para os metroviários e demais trabalhadores do transporte público. Há também a reivindicação de que governos implementem o lockdown, o auxílio emergencial e as diretrizes descritas no Plano de Emergência apresentado pelo Sindicato.

Além da paralisação de 20/4, a categoria decidiu participar do Dia de Luto e de Luta, em 16/4. Nesse dia, os metroviários trabalharão sem uniforme, de preto e com adesivos”.

Comentários