Endereços em Embu das Artes são alvos de operação contra grupo de estelionatário

Por Redação | 13/12/2020

A Polícia Civil de Campinas realizou na última semana a segunda fase da Operação Invoice, que mira uma organização criminosa especializada em estelionato, receptação e falsificação de documentos. 

Ao todo, 21 mandados de busca e apreensão e 13 de prisão foram cumpridos em Embu das Artes, Cotia, São Paulo, Sumaré e nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. 

A operação foi deflagrada em abril. Na data, um morador da cidade de Sumaré apontado como líder da facção foi preso junto com seu irmão, também acusado de participar dos crimes. Na primeira fase, 10 pessoas foram presas na ação. 

Segundo revelou o delegado José Carlos Fernandes, responsável pelo caso, ao jornal  Liberal, o suspeito de liderar o grupo recebia produtos de forma ilegla e depois os vendia na internet a um preço mais abaixo do mercado. 

Os produtos eram comprados por outros integrantes com cartões clonados, com a emissão de boletos em nome de outras pessoas ou chegavam até o líder após um acordo feito com o motorista para o desvio da mercadoria. 

Embu das Artes está na lista de cidades onde há suspeita de integrantes do grupo. Como moram em cidades distantes, os membros se comunicam por grupos de WhatsApp.

 

Comentários