Taboão da Serra tem queda de estupros, roubos e furtos no mês de agosto

Por Redação | 28/09/2020

Taboão da Serra teve redução de quase todos os índices criminais no mês de agosto se comparado com o mesmo período do ano passado, segundo mostram dados da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, divulgados na sexta-feira, dia 25. 

 

Estupro foi o crime que mais teve redução. Foram 11 casos em 2019 contra 5 este ano, queda de 54%. Homicídio foi o único índice que subiu, indo de 0 para 1 caso. Latrocínio permaneceu zerado nos dois anos. 

 

Na cidade, todos os crimes contra o patrimônio caíram. Roubo foi de 217 ocorrências para 159, baixa de 26%. Já roubo de veículos teve 47% de casos a menos, ou seja, dhouve queda de 34 para 18 ocorrências.

 

Os casos de furto em geral foram de 163 para 119 registros, redução de 26%. Já furto de veículo caiu pela metade, de 56 para 28 ocorrências. Na cidade, houve no mês passado 8 roubos de carga, um caso a menos que no mesmo período de 2019, que teve 9 registros. 

 

Produtividade policial

No mês, 42 pessoas foram presas em flagrante e 18 por mandado. Também tiveram 15 menores apreendidos em flagrante, além de 2 armas de fogo apreendidas. O número de inquéritos policiais instaurados chegou a 147. 

Centro de Operações e Inteligência 

A queda dos índices de crimes contra o patrimônio coincide com a implementação do Centro de Operações e Inteligência, que já opera há três meses na cidade e é  comandado pela Guarda Civil Municipal (GCM). O sistema conta com 40 câmeras de alta resolução instaladas em vias estratégicas da cidade. Juntas, elas formam uma muralha que funciona 24 horas, durante os 7 dias da semana. 

 

Comentários