Enquanto muitos ignoram risco Covid avança em Taboão e região

Por Mariana Lemos | 21/06/2020

Enquanto muita gente acredita que a pior parte da pandemia do Coronavírus já passou e descumpre as orientações, especialmente quanto a exigência do uso de máscaras, os cuidados de higiene e o distanciamento social, os munícipes que buscaram atendimento no hospital de campanha de Taboão da Serra neste domingo, 21, se depararam com uma realidade totalmente diferente.

Taboão já soma 131 pessoas mortas pelo Coronavírus. A cidade tem 421 pessoas curadas da doença. No Brasil já são mais de 50 mil mortos.

O Hospital de Campanha estava repleto de pessoas com os sintomas médios e até mais graves da doença, neste domingo, 21, deixando claro que o Covid-19 segue infectando as pessoas. A situação se repete nas cidades vizinhas.

"O hospital de campanha cheio de gente esperando ser atendida e as pessoas nas ruas brincando com essa doença", relatou ao Jornal na Net um paciente no final da tarde de domingo.

A realidade do avanço do vírus no município segue na contramão do que é visto na maioria dos bairros onde é muito comum encontrar moradores em aglomerações, festas, churrascos e várias atividades.

Essa situação preocupa ainda mais quem sente medo e vê a doença avançando em decorrência da falta de conscientização daqueles que não seguem as normas de distanciamento social e o uso de máscaras por exemplo.

Uma estudante de direito moradora do Saint Moritz reclama da falta de conscientização dos vizinhos e alega que o comportamento, considerado e irresponsável por ela, prejudica a todos e facilita o avanço da doença.

A jovem diz que a mãe está isolada em casa há quase três meses totalmente na contramão do que acontece na vizinhança onde as aglomerações são visíveis em qualquer dia e horário da semana.

"As pessoas aqui no bairro não estão levando a doença sério",diz ela preocupada. "O pior é que quanto mais demorar a conscientização mais tempo levará para retomarmos a normalidade", afirma.

Comentários