Taboão volta a registrar mortes por Covid-19 e número de vítimas fatais chega a 121

Por Gabriela Pereira - Especial para o Jornal na Net | 16/06/2020

O número de mortes por coronavírus em Taboão da Serra voltou a crescer. Na segunda, 15, a cidade não tinha registrado óbito pela doença pela 1° vez em 6 dias, mas nesta terça, 16, 4 novas mortes foram contabilizadas e o número de vítimas fatais subiu de 117 para 121, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

As novas vítimas são dois homens, de 42 e 53 anos, que estavam internados no Hospital das Clínicas. O mais novo era hipertenso e o mais velho tinha doença crônica renal. A outras vítimas eram mulheres e tinha diabetes. A de 69 anos também estava no HC e a de 94 ficou hospitalizada no Pronto Socorro.

Ainda de acordo com o boletim divulgado, a cidade tem 647 moradores infectados, sendo que destes, 372 foram curados e 154 ainda estão em acompanhamento. Outros 208 aguardam resultado do exame e 434 suspeitas já foram descartadas. Ao todo, a cidade teve 1.289 notificações.

Reabertura de comércios

A cidade de Taboão da Serra entrou nesta segunda-feira, dia 15, na fase laranja do Plano São Paulo, que permite a flexibilização de alguns setores econômicos, desde que sigam as determinações de segurança impostas para evitar a transmissão da doença.

Apesar da reabertura gradual, algumas medidas ainda permanecem, como a obrigatoriedade do uso de máscaras nas ruas e em estabelecimentos. Para que a regra fosse cumprida pelos munícipes, a prefeitura já entregou gratuitamente mais de 100 mil protetores faciais.         

Além disso, as ruas, calçadas, pontos de ônibus, entradas e portões de casas e áreas próximas às Unidades Básicas de Saúde (UBS), do Pronto Socorro, da Unidade de Pronto Atendimento e do Hospital de Campanha são lavadas com uma solução desinfetante.

Taboão também conta com um sistema para tirar dúvidas e evitar que a população se desloque para unidades médicas sem necessidade. Moradores podem entrar em contato com número 0800 7758500, que funciona todos os dias, das 07h às 19, para tirar esclarecer questões sobre o coronavírus. Todas as UBS também têm seu próprio canal par tirar dúvidas. 

Comentários