GCM de Taboão fecha 68 estabelecimentos que descumpriram proibição de funcionamento

Por Redação | 22/03/2020

A Guarda Civil Municipal realizou na noite deste sábado, dia 21, uma operação para fiscalizar os comércios da cidade. Na ação, 68 estabelecimentos foram fechados por descumprirem a determinação de encerrarem as atividades.

Segundo a GCM, 116 estabelecimentos foram visitados. Destes, apenas 45 estavam com as portas fechadas. Outros 68 estavam em funcionamento, entre eles 2 igrejas, foram fechados. Três deles eram restaurantes que seguiam as recomendações de funcionamento, por isso foram mantidos abertos.

Taboão da Serra decretou neste sábado, dia 21, estado de calamidade pública, por isso comércios não essenciais e prestações de serviço devem encerrar suas atividades em tempo indeterminado. A medida é para evitar aglomerações de pessoas e, assim, diminuir as chances de uma possível proliferação do Coronavírus na cidade.

Apenas supermercados, farmácias, padarias, lanchonetes, restaurantes, lojas de conveniência, lojas que vendam rações para animais, feiras livres, postos de combustíveis e serviços de entregam estão autorizados a funcionar, no entanto, devem fornecer proteção aos seus funcionários e clientes, como o fornecimento de álcool em gel e a limpeza continua.

Comentários