Massagista Luizão do Vôlei morre aos 70 anos em Taboão da Serra

Por Redação | 20/02/2020

Com informações do Globo Esporte

O vôlei brasileiro perdeu nesta quinta-feira, dia 20, uma figura lendária. O massagista Luiz Carlos Souza, conhecido como Luizão do Vôlei, faleceu aos 70 anos na tarde desta quinta-feira, dia 20, enquanto almoçava no restaurante Esfiha Mix, na Cidade Intercap, em Taboão da Serra. A causa da morte pode ter sido um ataque cardíaco.

Luizão já tinha participado de cinco Jogos Olímpicos - de Atlanta (1996), de Sidney (2000), de Atenas (2004), de Pequim (2008), de Londres (2012) e do Rio (2016) - e atualmente, era massagista do Vôlei Renata, em Campinas.

No momento em que Luizão começou a passar mal, o secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Taboão da Serra, dr. Gerson Brito, estava no local e pediu apoio dos agentes para tentar reanimar o homem, mas ele não resistiu. O Samu também foi até o estabelecimento para prestar atendimento.

“Hoje, ao sentar-me para almoçar, um homem que estava na mesa ao lado teve um infarto fulminante. Tentamos de tudo, desobstruir as artérias, massagem, mas nada, foi em vão. Senti- me impotente diante do dono da vida”, lamentou ele nas redes sociais.

A Confederação Brasileira de Vôlei, em suas redes sociais, também lamentou a morte de Luizão. “A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) lamenta o falecimento do massoterapeuta da equipe Vôlei Renata (SP), com diversos anos de serviços prestados à seleção brasileira”, dizia uma publicação.

Morador do condomínio Cerejeiras, Luizão já estava com a saúde debilitada por conta de diabetes. Ele deixa sua esposa Maria Helena Calmon Souza, seus filhos Júnior, Heloísa e Hérica, e seus dois netos, Luis Antônio e Maria Luiza.  

 

Comentários